Segurança

Adolescente matou amiga em condomínio de luxo é condenada a 3 anos de internação

O crime ocorreu em 12 de julho de 2020, em Cuiabá, no Mato Grosso, na casa da acusada

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações do Correio Braziliense
Adolescente matou amiga em condomínio de luxo é condenada a 3 anos de internação
Foto: Reprodução/Instagram

20 de janeiro de 2021 - 15:40 - Atualizado em 20 de janeiro de 2021 - 15:40

A adolescente que matou Isabele Ramos Guimarães, de 14 anos, com um disparo de arma de fogo em Cuiabá, no Mato Grosso, foi condenada à pena máxima de três anos em regime socioeducativo de reclusão. Nesta terça-feira (19), a Justiça ordenou que fosse cumprida sua internação. A penalidade pode ser revista e atualizada a cada seis meses. 

A decisão da juíza Cristiane Padim, da 2ª Vara Especializada da Infância e Juventude de Cuiabá, aponta que a jovem foi punida por ato infracional análogo ao crime de homicídio doloso – quando há intenção de matar – qualificado.

O crime ocorreu na casa da adolescente, de 14 anos, dentro de um condomínio de luxo, onde também ficava a residência da vítima, na noite de 12 de julho de 2020. 

A jovem, que era considerada a melhor amiga de Isabele, era praticante de tiro esportivo e assumiu o disparo, mas alegou ser acidental. 

A perícia apontou que a adolescente estava com a arma apontada para o rosto da amiga entre 20 e 30 cm de distância quando o disparo ocorreu. Segundo a polícia, a versão dada pela acusada não era verdadeira e, no mínimo, ela assumiu o risco de matar a amiga

Os pais da jovem também se tornaram réus no processo, que ainda tramita em segredo de Justiça.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.