Segurança

Acidente em Araucária: passageiros afirmam que motorista bebeu e estava em alta velocidade

Já Lucas admitiu que estava em uma velocidade superior à máxima permitida, mas que não havia ingerido bebida alcoólica

Daniela
Daniela Borsuk com Thais Travençoli | RIC Record TV
Acidente em Araucária: passageiros afirmam que motorista bebeu e estava em alta velocidade
(Foto: Paulo Fischer / RIC Record TV)

2 de março de 2021 - 13:18 - Atualizado em 2 de março de 2021 - 13:18

Os três ocupantes do veículo Palio, que atingiu a caminhonete de Carlos Rybinski e Moacir Rybinski e matou os dois irmãos, deram depoimento para a Polícia Civil do Paraná, com contradições em suas versões dos fatos. O caso está sendo investigado pela delegacia de Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, onde o acidente aconteceu. 

De acordo com a polícia, os passageiros Alisson Gonçalves Boldori, de 22 anos, e Ivan da Silva, de 25 anos, contaram que o motorista Lucas Leonardo de Lima Ribeiro, de 24 anos, havia bebido antes de dirigir e estava em alta velocidade. Eles ainda afirmaram que pediram, várias vezes, para que o amigo não corresse, mas que ele não diminuía a velocidade. 

Já Lucas admitiu que estava em uma velocidade superior à máxima permitida, mas que não havia ingerido bebida alcoólica. O motorista ainda disse que não viu o sinal vermelho, argumentando que estava cansado. O interrogatório dos ocupantes do carro foi realizado na segunda-feira (1º), no Hospital do Trabalhador, onde os jovens permanecem internados após o acidente. 

Nesta terça-feira (2), familiares das vítimas, como o pai e a mãe dos irmãos, foram até a delegacia de Araucária para prestar também esclarecimentos. Abalados, os idosos lamentaram o acidente durante uma entrevista para a equipe da RIC Record TV. “Tudo o que eu tinha na vida eram meus filhos, agora eu não tenho mais nada” , disse o pai de Carlos e Moacir. 

O acidente 

O acidente que vitimou os irmãos, que voltavam do trabalho na noite de sábado (27), foi registrado na Avenida Archelau de Almeida Torres, esquina com a Rua Capivari, em Araucária.

O motorista do Palio amarelo teria furado o sinal vermelho e atingido em cheio a caminhonete em que as vítimas estavam. Os irmãos não resistiram aos ferimentos e morreram no local. Os três ocupantes do Palio foram socorridos e encaminhados para o Hospital do Trabalhador. 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.