Balanço Geral Maringá

“O erro é nosso, a responsabilidade é minha”, diz secretário de Infraestrutura do Paraná sobre rodovias do noroeste

Após ver as imagens das rodovias, o secretário pediu desculpas a população

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informação da RIC Record TV, Maringá

14 de fevereiro de 2020 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 16:12

O secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, Sandro Alex Cruz de Oliveira, concedeu uma entrevista ao apresentador Salsicha, do programa Balanço Geral Maringá, da RIC Record TV, nesta sexta-feira (14), para falar sobre as rodovias na região. (Assista entrevista completa abaixo) 

Durante sua participação, ele assistiu uma matéria feita especialmente para mostrar as condições deploráveis em que se encontram as estradas do noroeste do estado e, visivelmente envergonhado, pediu desculpas à população: 

“Primeiro eu quero me solidarizar e me desculpar com a sociedade porque realmente nós estamos com uma situação muito precária. Eu vim pessoalmente aqui para poder explicar às pessoas o porquê que isso aconteceu e o que nós vamos fazer”, disse. 

Conforme Sandro Alex, a situação das rodovias paranaenses chegaram a esse ponto devido há anos de corrupção na administração. “Primeiro, nós herdamos 12 mil Km de rodovias sucateadas em péssimo estado, nós herdamos um trabalho que estava nas páginas policiais. […] Quando nós chegamos ano passado, todos os contratos e convênios estavam suspensos porque como DER estava afundado em corrupção, todos os órgãos que tinha contrato com o DER foram suspendidos, contrato de manutenção, terceira faixa, tudo parado”, falou.

rodovia noroeste

(FOTO: REPRODUÇÃO/ RIC RECORD TV)

“Eu tenho dinheiro, tenho contrato, estou cobrando a empresa”

Durante a conversa, o secretário não se isentou da culpa pela atual condição das rodovias da região noroeste. Entretanto, Alex Sandro comentou que estas vias não foram danificadas desta maneira apenas nos últimos seis meses, então isto é reflexo de muito tempo sem manutenção.

Após enfrentar problemas com empresas vencedoras de contratos que não puderam realizar as obras, o secretário afirmou que agora estes obstáculos foram resolvidos.

“Demos ordem de serviço na semana passada. Então em alguns trechos nós já iniciamos. Eu não consigo fazer todas ao mesmo tempo, mas a população vai ver que já está entrando em algum trecho e no próximo mês entra no outro. Nós vamos fazer uma força tarefa e eu vou acompanhar pessoalmente. Esse assunto hoje é muito importante para o governo”, destacou Alex.

O secretário também afirmou que o Governador está focado neste projeto e que a Secretaria da Fazenda já liberou o dinheiro “eu tenho dinheiro, tenho contrato, estou cobrando a empresa“.

Como promessa, Alex Sandro prometeu retornar ao Balanço Geral Maringá para mostrar o resultado das obras.

Assista entrevista: