Saúde

Novo surto de ebola já matou 20 pessoas na República Democrática do Congo

Organização Mundial da Saúde alerta para a doença “muito importante não perder de vista essas outras doenças emergentes”

Guilherme
Guilherme Becker / Editor
Novo surto de ebola já matou 20 pessoas na República Democrática do Congo
(FOTO: REPRODUÇÃO/ TWITTER/ OMS)

14 de julho de 2020 - 16:40 - Atualizado em 14 de julho de 2020 - 16:54

Após declarar um novo surto de ebola na República Democrática do Congo (RDC) no dia 1º de junho, a Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou nesta terça-feira (14) que o número de mortos pela doença já chega a 20. Ao todo, o vírus que atinge a região de Equateur, no oeste do país, já foi confirmado em 46 pessoas e possui outros três casos prováveis. 

Esta é a décima vez que a OMS registra surto de ebola no país. O último, que chegou ao fim no mês passado, infectou 3.470 pessoas e deixou 2.287 mortos. O local onde foram registrados os novos casos é próximo a divisa com a República do Congo e a República Centro-Africana. Além disso, é comum os moradores fazerem longas viagens por se tratar de uma área ampla.

O especialista em emergências da OMS, Mike Ryan, alertou que é preciso muita atenção com o surto de ebola, mesmo vivendo a pandemia do coronavírus que os número são mais alarmantes. 

“Eu alertaria qualquer um que, embora os números deste evento sejam baixos, na era da Covid é muito importante não desviarmos os olhos destas doenças emergentes, e vimos no Kivu do Norte e em surtos anteriores de Ebola que estes podem sair de controle muito facilmente”, comentou Ryan.

Na África, o coronavírus já infectou mais de 600 mil pessoas e deixou mais de 13 mil mortos, de acordo com os dados desta segunda-feira (13).