Caroline
Caroline Berticelli / Editora com reportagem de Luiza Luersen da RIC Record TV, Curitiba

29 de janeiro de 2020 - 00:00

Atualizado em 29 de janeiro de 2020 - 00:00

Notícias

Sesa descarta possibilidade de infectados por coronavírus no Paraná

Sesa descarta possibilidade de infectados por coronavírus no Paraná
Foto: Luiza Luersen/RIC Record TV

A Secretaria da Saúde do Estado do Paraná (Sesa) descartou a existência de pacientes contaminados pelo novo coronavírus dentro do estado durante entrevista realizada nesta quarta-feira (29). 

A coletiva de imprensa foi marcada depois que a própria Sesa confirmou, nesta terça-feira (28), a suspeita de dois casos na capital paranaense. Conforme o secretário Beto Preto, o enquadramento dos doentes como suspeitos faz parte das medidas preventivas em situações de epidemia. 

“É importante esclarecer que todo o indivíduo que chegar no serviço de saúde no Brasil, que tiver um quadro clínico de alguma situação de quadro gripal ou respiratório e nos relatar que passou pela China ou teve contato com alguém que foi na China, significa que temos um quadro suspeito e não que temos a doença. […] Não temos casos confirmados.”, explica o secretário. 

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), para se enquadrar nos casos possíveis de contaminação pelo novo coronavírus (nCoV-2019), o paciente precisa apresentar febre e, pelo menos um sinal ou sintoma respiratório, além de ter viajado para alguma área de transmissão nos últimos 14 dias, ter tido contato próximo com um infectado ou com um caso suspeito de infecção. 

Casos descartados

Sobre o homem, de 29 anos, que esteve na China e permanece internado com quadro de infecção respiratória leve no Hospital Santa Cruz, o secretário pontuou que exames comprovaram que o paciente apresenta uma Síndrome Gripal causada pelo vírus da Influenza B. “Esse rapaz foi isolado para a proteção deles dos profissionais. Descartamos ontem mesmo. Ele está com influenza B”, diz Beto Preto. O caso era monitorado pelo Ministério da Saúde, que já foi informado sobre o resultado negativo para nCoV-2019.

Uma mulher esteve na China e foi encaminhada ao Hospital das Clínicas após apresentar sintomas do novo coronavírus também teve a suspeita descartada, tanto pelo prazo de incubação do vírus como pelos resultados dos exames que ficaram prontos nesta quarta-feira. “Já a paciente que está no HC já está descartada clinicamente por conta do quadro. Ela chegou dia 5 da China e depois de 24, epidemiologicamente ela já está descartada”, declarou o secretário. 

Do mesmo modo, exames clínicos desconsideraram uma terceira situação, na qual o tripulante de um navio – com bandeira de Hong Kong- que chegou ao Porto de Paranaguá foi impedido de desembarcar após apresentar febre. 

COES 

Nesta segunda-feira (27), a Sesa instituiu o Centro de Operações de Emergências em Saúde Públicas (COES) com o objetivo de estar preparado para uma possível introdução do vírus no Paraná

Entre as decisões já tomadas ficou estabelecido que o Hospital do Trabalhador será a referência para receber e avaliar os pacientes com suspeita do novo coronavírus, enquanto o Laboratório Central do Estado fará as análises e os exames. 

No dia 24 de janeiro, o órgão também divulgou uma nota informativa  para orientar profissionais da área da saúde a população sobre a doença. ACESSE A NOTA DO GOVERNO SOBRE O CORONAVÍRUS NA ÍNTEGRA