Notícias

Servidores da saúde ‘cruzam os braços’ em quatro cidades do Paraná

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

4 de junho de 2013 - 00:00 - Atualizado em 4 de junho de 2013 - 00:00

Servidores da Secretaria Estadual de Saúde realizam paralisação, nesta terça-feira (04), nas cidades de Londrina, Cascavel, Francisco Beltrão e Paranaguá. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores da Saúde Pública do Estado do Paraná (SindSaúde-PR), nestas cidades existem os maiores problemas relacionados à superlotação nos hospitais e más condições de trabalho.

A paralisação, que a princípio deve durar doze horas, deve afetar os atendimentos hospitalares realizados nos municípios. Em Londrina, na região Norte, a população deve enfrentar alguns transtornos nos hospitais das zonas Norte e Sul.

Além de protestar contra a superlotação, os servidores querem chamar a atenção para algumas reivindicações da categoria, como criação de um Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), regularização de auxílio-transporte, reajuste de 25% no valor de uma gratificação criada no ano de 2004 e contratação de novos trabalhadores.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.