Notícias

Quíntuplos do Paraná: bebês deixam a Unidade de Terapia Intensiva (UTI)

Bebês continuam internados para ganhar peso 

Guilherme
Guilherme Becker / Editor
Quíntuplos do Paraná: bebês deixam a Unidade de Terapia Intensiva (UTI)
OS CINCO BEBÊS SE DESENVOLVERAM FORTES E SAUDÁVEIS. (FOTO: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM QUÍNTUPLOS DO PARANÁ)

25 de outubro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 15:04

Luis Henrique, Jhordan, Tiago, Laura e Antonella, os quíntuplos do Paraná, deixaram a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital do Rocio, em Campo Largo, nesta sexta-feira (25). Após pouco mais de 50 dias em incubadoras, com cuidados especiais, os bebês foram liberados para ficarem internados com a presença da mãe em um quarto da unidade de saúde. 

Depois de três meses do nascimento, quíntuplos do Paraná ganham alta. Confira!

As crianças nasceram no dia 02 de agosto, em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba. Os pais, Anieli Camargo Kurtel, de 24 anos, e Luís Fernando Araújo, de 33 anos, que já tinham um filho, deixaram a cidade de Chopinzinho, onde moravam, para a gestante receber o acompanhamento necessário.

quintuplos do parana

(FOTO: ARQUIVO PESSOAL)

Quíntuplos do Paraná deixam UTI

Foram mais de 50 dias de muitos cuidados especiais e atenção com os cinco recém-nascidos. Após terem a saúde estabilizada, agora as crianças continuarão internadas, porém, fora da UTI. Para aumentar o peso e melhorar o sistema respiratório, é necessário que os bebês permaneçam em um quarto do hospital, junto com a mãe, antes de serem liberados para casa.

Nesta sexta-feira (25), os pais publicaram uma foto com os cinco bebês, já no quarto do hospital. Na legenda, a família agradeceu pela saúde de todos. “O maior amor do mundo está aqui, obrigado senhor pela família linda que nos deu!”

 

Ver essa foto no Instagram

 

O maior amor do mundo está aqui, obrigado senhor pela família linda que nos deu! ??❤???❤? #familia #quintuplosdoparana #quintuplos #amormaior

Uma publicação compartilhada por Pais de Quintuplos Luis e Ani (@quintuplosdoparana) em

Família continua arrecadando em vaquinha online

Para ajudar a cobrir os custos com as despesas da família, o casal mantém ativa uma vaquinha online. Se você quer ajudar essa família que de três pessoas pulou para oito pessoas, entre em contato no Instagram @quintuplosdoparana ou acesse a Vakinha Virtual.

Quíntuplos do Paraná foram confundidos cisto

O início da gestação de Anieli foi um pouco atípico: após se sentir indisposta, a jovem resolveu consultar e foi diagnosticada com um cisto no ovário ou uma gravidez ectópica, que acontece fora do útero. “A primeira consulta que eu tive, o médico deu 99% que não era gravidez. Ele mandou fazer betas [exame] pra eu acompanhar. Ele falou que era cisto e que cisto, às vezes, acaba tendo os sintomas de uma gravidez. A gente não julga ele [ o médico] porque não apareceu nada”, contou a mãe dos quíntuplos do Paraná. 

OS CINCO BEBÊS SE DESENVOLVERAM FORTES E SAUDÁVEIS. (FOTO: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM QUÍNTUPLOS DO PARANÁ)

Com o passar dos dias, no entanto, o ‘cisto’ não parava de crescer e, preocupada, ela retornou ao médico. Foi então que descobriu que, na verdade, estava grávida, o que já foi uma surpresa e tanto, viria a ser cinco vezes mais surpreendente. “No dia eu fiquei muito feliz. Lógico, não vou ser hipócrita porque vem também a preocupação, o medo, etc. Mas nada superou a felicidade que nós dois ficamos”, declarou Anieli antes dos bebês nascerem.

“Eu me sinto a mulher mais abençoada do mundo. Tô gerando cinco vidas dentro de mim”, disse mãe dos quíntuplos do Paraná.

Relembre como foi o parto: