Saúde

Quais os problemas que a falta de um dente pode causar?

Os dentes não são apenas responsáveis por um sorriso perfeito – a falta de um ou mais deles pode ocasionar problemas funcionais. Isto é, além de comprometer a saúde bucal, pode prejudicar a qualidade de vida

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Quais os problemas que a falta de um dente pode causar?
Foto: divulgação

20 de abril de 2021 - 16:26 - Atualizado em 11 de maio de 2021 - 11:55

A perda de dentes é um problema sério e que acomete pessoas de todas as idades. Doenças periodontais (infecções na gengiva), traumas/acidentes, excesso de açúcar e uma precária higienização bucal (falta de escovação, uso irregular de fio dental) são algumas das principais causas.

Achou que a perda era ruim apenas por questão estética? Com o passar do tempo o osso vai perdendo suas características, por conta da reabsorção óssea, resultando assim na retração da gengiva. Por isso, quanto antes for feita a reposição dos dentes, melhor. E menores são as chances de se ter alguma complicação.

O que a perda de um dente pode causar?

  • Movimentação dos dentes próximos ao dente perdido: os dentes poderão migrar para o espaço ausente na cavidade oral, inclinar ou ocasionar uma extrusão dentária com os outros dentes, e também, afetar a arcada dentária;
  • Gengiva machucada: devido à falta de dentes, as gengivas ficam expostas e tornam-se frágeis durante a escovação ou na hora de se alimentar;
  • Perda óssea: na ausência de um dente, as gengivas são afetadas e a estrutura óssea da boca acaba ficando sem suporte. Dessa forma, com o tempo, os ossos acabam se desgastando, resultando na perda óssea.

Quais tratamentos são indicados para a perda de dentes?

Existem muitas maneiras de tratar a perda dentária. Uma das soluções mais modernas da atualidade é a fixação de próteses definitivas sobre implantes dentários.

Os implantes dentários são mecanismos feitos em titânio que servem para substituir a raiz dos dentes e dar suporte a uma prótese, melhorando a aparência e a função mastigatória do paciente.

Vale ressaltar que para quem não tem estrutura óssea suficiente para a fixação do implante, geralmente é necessário um procedimento de enxertia, técnica atualmente muito simples devido à diversidade de biomateriais, e que facilita o aumento da espessura óssea da região.

“Um dos benefícios mais essenciais do uso da prótese sobre implantes, além da estética, facilidade de higienização, durabilidade e elevação da auto-estima, é a melhora na mastigação, tendo em vista que ela permanece fixa na arcada dentária durante a alimentação ou fala”, explica o Dr. Christian Andrade.

“Esta segurança promove um resultado mais natural e confortável do que pontes ou dentaduras convencionais, proporcionando assim uma melhora na qualidade de vida.” completou

Os implantes dentários são indicados para pacientes com perda unitária, parcial ou de todos os dentes. Portanto, se você tem ou teve uma perda dentária precoce, é muito importante marcar uma avaliação o mais rápido possível para verificar o melhor diagnóstico clínico para sua reabilitação.