Flávia Ohde
Nutrologia

Por Flávia Ohde

Saúde

4 de agosto de 2020 - 12:38

Atualizado em 4 de agosto de 2020 - 12:38

O que falta para você alcançar e manter um estilo de vida saudável?

E por que é tão difícil para muitos, alcançar e manter bons hábitos ??

Flávia Ohde
Nutrologia

Médica, formada pela Universidade Federal do Paraná. Atua na área de Nutrologia com foco na área preventiva e de estilo de vida saudável.

Saúde Flávia Ohde
Instagram Facebook
O que falta para você alcançar e manter um estilo de vida saudável?

Com muita frequência, recebo em meu consultório, pessoas que estão insatisfeitas com sua disposição, com sua saúde e forma física. Na maioria das vezes, elas sabem quais falhas estão cometendo no dia a dia e quais seriam os passos a seguir para mudar esse caminho e retomar a saúde; porém, elas também sentem uma grande dificuldade em mudar hábitos e principalmente de incorporá-los de forma consistente em suas vidas! Antes de entender por que é tão difícil para muitos, alcançar e manter bons hábitos, é importante definir o que é ter um estilo de vida saudável! 

Uma boa definição: É o estilo de viver fundamental para prevenção da maioria das doenças, para manter sua saúde, bem-estar e com isso ter a chance de usufruir da longevidade com qualidade

 Isso significa fazer boas e saudáveis escolhas alimentares, inserir na sua rotina exercícios físicos eficazes, ter boa qualidade de sono, controlar o stress, ter equilíbrio mental, emocional e espiritual, ou seja, tratar o “seu todo “, princípio da medicina integrativa e funcional! 

É muita coisa para gerenciar, não é? Mas é preciso entender que todos estes hábitos estão interligados e que essa engrenagem tem que estar em harmonia para que nosso organismo se torne e se mantenha verdadeiramente saudável. Mas por que, para tantas pessoas, é tão difícil e penoso incorporá-los à vida diária?  E por que se desiste em pouco tempo? 

Porque mudar dói!!  Dói física e emocionalmente deixar hábitos e vícios há tempos arraigados em nossa rotina! O nosso corpo e nossa mente preferem estar em sua zona de conforto; eles não gostam de ser confrontados com novos hábitos, novos desafios, novas barreiras a serem vencidas!! E então começam as desculpas, as procrastinações, as justificativas e reclamações: 

 “Não tenho tempo, hoje estou muito cansado, está frio, está calor, começo após as férias, após a formatura, tenho vergonha de expor meu corpo na academia, depois de uma certa idade todos ficam acima do peso e com barriga, minha genética não ajuda, tenho problemas hormonais … e assim por diante… 

Mudar dói!  Mas se manter sedentário, acima do peso, inflamado, com baixa autoestima, com doenças limitantes e crônicas como hipertensão arterial, infarto do miocárdio, AVC, diabetes, obesidade, fibromialgia, doenças intestinais, doenças respiratórias e câncer, também dói!! E certamente este tipo de dor é bem pior! Portanto temos que escolher uma das dores e seguir em frente! 

 A dor de mudar para melhor é breve!  Logo nosso corpo e nosso cérebro se adaptam e saímos de um círculo negativo, vicioso, para um círculo positivo e virtuoso, onde ganharemos mais qualidade de vida e provavelmente mais tempo de vida com qualidade. 

 A dor de viver com maus hábitos, talvez não doa ainda, pois a juventude pode acobertar os sintomas, mas certamente eles aparecerão em algum momento e de surpresa! 

E sabe por onde precisamos iniciar? Pela mudança em nossa mente. Mudar o mindset!!  

Através dessa mudança conseguimos enxergar a importância de priorizar nossa saúde, de quais pontos precisamos priorizar para gerenciá-la com responsabilidade! E quando conseguimos ter essa consciência, conseguimos ter e manter disciplina. 

A disciplina é fundamental para conseguirmos fazer (e não desistir de continuar fazendo) aquilo que nós já sabemos que temos que fazer!!  Porém, que acabamos não pondo em prática e não incorporando em nossa rotina porque negligenciamos a importância disso em nossa saúde física e mental! 

Então fica claro que são dois pontos essenciais para se alcançar e manter o estilo de vida saudável: 

  • Mudar o mindset e através desta mudança entender a necessidade de fazer escolhas inteligentes e priorizá-las no dia a dia: 
  • Ter disciplina para incorporar estes hábitos de forma consistente! 

Nas próximas colunas irei falar de como conseguir realizar estas mudanças, através de estratégias eficientes e viáveis, entendendo e utilizando os conceitos da Medicina Preventiva e de Estilo de Vida Saudável! 

Pare de querer e comece a fazer!!