Saúde

Mulher de 38 anos testa positivo para dengue e covid-19 no Paraná

Após apresentar dor de garganta, febre e dor no corpo, a moradora de Cafelândia descobriu que havia contraído as duas infecções virais

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Mulher de 38 anos testa positivo para dengue e covid-19 no Paraná
Foto: Reprodução/RIC Record TV

29 de abril de 2021 - 14:37 - Atualizado em 29 de abril de 2021 - 17:48

Uma moradora de Cafelândia, no oeste do Paraná, testou positivo para dengue e para covid-19 no dia 22 de abril. Andréia Aparecida Costa Koehler, de 38 anos, está isolada e conversou com a RIC Record TV sobre o susto.

Segundo o relato, ela procurou uma Unidade de Saúde do município no dia 20 de abril porque apresentava “dor de garganta, febre e muita dor no corpo”. Diante dos sintomas, a médica solicitou exame para as duas doenças e com o resultado veio a surpresa do diagnostico duplo.

“Eu comecei com muita dor de garganta, febre e muita dor no corpo. Procurei a nossa Unidade de Saúde de Cafelândia, onde a doutora pediu para eu fazer o teste de covid e de dengue. Foi aí que testei positivo para os dois. Como os sintomas eram bem parecidos, eles acharam que eu estava com uma doença ou com a outra, mas não com as duas”, relata Andreia. 

A vendedora não apresentou complicações e, conforme ela, terminará seu período de isolamento na sexta-feira (30). Veja o relato da mulher que contraiu dengue e covid-19

1º caso de dengue e covid-19 no Paraná

Na última terça-feira (27), a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) confirmou o primeiro caso de uma pessoa que testou positivo para covid e dengue no Paraná

De acordo com o órgão, o homem de 31 anos, residente de Ortigueira, na região dos Campos Gerais, foi internado para tratar de complicações causadas pelo novo coronavírus, mas um exame de RT-PCR, considerado método “padrão ouro” para avaliação das duas doenças, apontou que além da infeção por Sars-CoV-2 (Covid-19), ele também havia sido contaminado pelo Denv-2 (dengue sorotipo 2). Ainda conforme a Sesa, o paciente já teve alta hospitalar e está bem.

Até o momento esse é o único caso confirmado da chamada co-detecção, ou seja, de uma pessoa que pegou o vírus da dengue e da covid-19 ao mesmo tempo. Isso porque apesar da Andréia ter testado positivo para das duas doenças, o exame dela detectou o anticorpo da dengue, o que quer dize que ela pode ter contraído a doença até três meses atrás.

Dengue e covid no Paraná

Segundo o último boletim sobre a situação da dengue no Paraná, divulgado também na terça-feira (27), desde agosto de 2020, 11.876 pessoas testaram positivo para a dengue e 19 morreram pela doença no estado. Entre os dias 20 e 27 de abril, última semana epidemiológica, foram confirmados 1.967 novos casos e o óbito de uma mulher de 67 anos.

Já o boletim diário da covid-19 no Paraná, confirmou na quinta-feira (28) 3.885 novos casos da doença e 210 mortes provocadas pela infecção do Sars-CoV-2. Ao todo, desde o início da pandemia do novo coronavírus, a Sesa registrou 21.870 óbitos causados pela doença e 932.890 infectados.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.