7 de dezembro de 2020 - 15:53

Atualizado em 7 de dezembro de 2020 - 15:53

Resiliência, você sabe o que é?

Por Alexsandra Dário e Marta Cordeiro

Resiliência, você sabe o que é?

É a capacidade que o indivíduo tem em lidar com os problemas, adaptar-se as mudanças e superar as adversidades de maneira mais saudável.

E não se trata de características que uns tem e outros não! Pelo contrário, ser  resiliente envolve ter comportamentos, pensamentos e ações que são aprendidos e desenvolvidos por qualquer pessoa. Independente do momento de vida que o indivíduo está passando, é possível aumentar a nossa capacidade de sermos resilientes.

Antigamente a resiliência era descrita como uma arvore que poderia que poderia ou não tolerar um vento forte, e caso não tolerasse, ela se quebrava, como se não tivéssemos como lidar com os ventos fortes da vida.

Hoje, através da Psicologia Positiva a resiliência é muito melhor representada pela metáfora daquela xícara quebrada e colada com ouro, se trata de uma filosofia de vida japonesa, onde ressalta que mesmo quando somos quebrados, imperfeições ou estamos em crises de identidade, ou longe da nossa melhor versão – a nossa intenção, o nosso proposito, ou seja, a nossa inteireza continua intacta.

Segundo a professora americana e Ph. D, Maria Sirois, que é a maior referência mundial em Resiliência e Autenticidade ela diz que por mais feliz que você seja, você vai sim enfrentar desafios, tropeços, situações ruins. Vai sim sentir emoções negativas e isto faz parte.

Resiliência não apaga os desafios que passamos. Ainda que estejamos agredidos ou feridos pela vida, podemos estar em nosso melhor, vulneráveis, porém corajosos, cansados, porém crescendo, quebrados, porém inteiros e firmes em nossos propósitos.

Ser resiliente é superar, e sobre tudo, crescer em meio a todas as adversidades. Como diz a professora Lucia Helena Galvão é entrar pelo cano e sair do cano quantas vezes for necessário e ainda sair cada vez mais rápido. É chegar ao nível de cair no chão e deixar o chão em dúvida se realmente você caiu mesmo, de tão rápido que se levantou.

Não é voltar ao seu estado original, mas sim conquistar um novo estado cada vez mais evolutivo.

Então, é compreender que a vida pode nos reservar surpresas dolorosas, mas nós também podemos aprender a construir uma vida cada vez mais resiliente.

É saber, que em todo o mal podemos sempre tirar um bem, e que, no fundo, em tudo há uma razão de ser, e um propósito na própria existência do mal, sabermos que o mal serve somente a nossa própria evolução, e é através de um mal que somos conduzidos a um bem maior.

Por isso que compartilho agora com 7 dicas de como você pode construir mais resiliência em sua vida a partir de agora? Que tal, vamos lá!

  • 1º Busque o autoconhecimento e o seu autodesenvolvimento.
  • 2º Construa mais positividade no seu dia a dia, dê importância aos mementos de humor e alegria.
  • 3º Gere mais Emoções positivas, faça o que te faz feliz e isto está relacionado as coisas mais simples da vida e não a coisas complexas.
  • 4º Reconheça a beleza da vida – vivemos sim em um mundo de dificuldades, mas acima de tudo de possibilidades fantásticas que se abrem diante de nós a todo momento.
  • 5º Espiritualidade – desenvolva cada vez mais a sua conexão com algo maior em que acredita.
  • 6º Adaptabilidade – o mundo, as pessoas, os modelos de trabalhos, os negócios tudo está em mudança, busque olhar para tudo isso com uma mentalidade de crescimento, onde tudo tem razão de ser.
  • 7º Encontre sentido, um significado maior para sua existência o seu propósito de vida.

Se gostou do nosso artigo, compartilhe e continue acompanhando os próximos conteúdos.

E a próxima semana com novos conteúdos … até lá!

Artigo escrito por Alexsandra Dario, Co-fundadora da Felicitie Inspirando Pessoas.

Site: www.felicitie.com.br – Instagram @felicitie_inspirando_pessoas