Saúde

Curitiba ultrapassa 600 mil vacinados contra Covid-19

Nesta terça-feira (14), inicia a vacinação de trabalhadores de instituições do Ensino Superior

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações da Prefeitura de Curitiba
Curitiba ultrapassa 600 mil vacinados contra Covid-19
(Foto: Pedro Ribas/SMCS)

15 de junho de 2021 - 11:52 - Atualizado em 15 de junho de 2021 - 11:52

Até esta segunda-feira (14), a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba contabilizou 612.784 indivíduos vacinados com a primeira dose do imunizante contra o novo coronavírus.

Até esta data foram vacinados 301.860 idosos, 89.722 profissionais da saúde, 6.837 moradores, funcionários e cuidadores de instituições de longa permanência, 10.862 trabalhadores das forças de segurança, 80 indígenas, 7.777 gestantes e puérperas, 7.087 pessoas com deficiência, 106.208 pessoas com comorbidades, 19.759 trabalhadores da educação básica e 62.692 pessoas do grupo sem comorbidades, convocadas por idade.

Nesta terça-feira (14), Curitiba inicia a vacinação de professores e trabalhadores de instituições do Ensino Superior com 50 anos ou mais.

A imunização dos profissionais da Educação Básica também foi ampliada para os que têm 36 anos ou mais. Pessoas sem comorbidades com 54 anos completos ou mais, além de idosos que não tenham recebido a primeira dose do imunizante.

Também estão sendo atendidas com a primeira dose pessoas com comorbidades entre 18 e 59 anos, pessoas com deficiência permanente acima de 18 anos, gestantes e puérperas, trabalhadores de drogarias e farmácias de manipulação e funcionários da Fundação de Ação Social (FAS).

Ainda para a primeira etapa da imunização, a SMS está convocando, via Saúde Já Curitiba (aplicativo ou site), profissionais de saúde com registro em conselho de classe de 14 áreas, como psicólogos e profissionais da Educação Física, dentistas e outros.

Já com segunda dose, 232.905 pessoas foram vacinadas. Agora estão completando o ciclo vacinal em indivíduos que moram ou trabalham nas instituições de longa permanência, profissionais da saúde e idosos. Além dos idosos com mais de 80 anos que receberam a primeira dose da vacina da AstraZeneca

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.