Coronavírus

Afetados pela pandemia, grupo de estudantes pede ajuda para continuarem a faculdade

Lucas
Lucas Sarzi
Afetados pela pandemia, grupo de estudantes pede ajuda para continuarem a faculdade
Foto: Reprodução/RIC Record TV Curitiba.

19 de junho de 2020 - 11:47 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 14:39

Ir para a faculdade é o sonho de todo jovem que começa a pensar no futuro depois do ensino médio. Apesar disso, no Brasil nem tudo é fácil. Segundo estimativas do Inep, apenas 18% dos jovens estão fazendo algum curso superior. Com a pandemia, essa situação piorou ainda mais e tem estudante com medo de ter que parar tudo.

A pandemia do novo coronavírus fez com que a situação apertasse para um grupo de estudantes de Curitiba. Por isso, resolveram se unir e pedir ajuda para não ter que trancar a faculdade. Acontece que eles têm até o dia 30 de junho para arrecadar o dinheiro e fazer a negociação dos débitos com as faculdades, estão correndo contra o tempo.

“Com 17 anos assisti um filme chamado A Corrente do Bem, em que um menino ajudava uma pessoa, essa pessoa ajudava mais três e se espalhava uma corrente. Vi minha situação, lembrei dessa ideia e pensei ‘por que não pedir ajuda?‘, se cada um ajudar com um pouco, a situação pode ser diferente“, comentou Daiana Silva, que está no terceiro ano de psicologia.

vaquinha-estudantes-psicologia-3
Foto: Reprodução/RIC Record TV Curitiba.

A partir da ideia de criar uma vaquinha online, Daiana se reuniu com outros colegas, todos estudantes de psicologia, e juntos resolveram pedir ajuda com doações. Assim, pelo menos conseguiriam manter o sonho de se formar.

“Vim de uma família humilde e desde 2011 eu venho tentando estudar. Consegui uma bolsa, mas tive imprevistos, sofri acidente, minha mãe fez uma cirurgia, eu tive que parar. Dois anos depois consegui de volta e mais uma vez vou ter que parar, dessa vez por causa da pandemia. Não queria isso, cada vez que eu paro e volto acaba atrasando ainda mais“, contou Daiana.

Junto com Daiana, a jovem Jaqueline Carneiro também tem fé de que vai conseguir continuar a estudar. Desempregada, ela nunca se imaginou nessa situação e tem esperança de que a ajuda virá.

“Eu sei que a faculdade não tem culpa do que está acontecendo, porque assim como a pandemia atingiu a gente, também atingiu eles. Ficar brigando para diminuir mensalidade não vai adiantar nada, por isso pensei em pedir ajuda. Minha esperança nesse momento é conseguir terminar minha faculdade no tempo certo”, disse Jaqueline.

vaquinha-estudantes-psicologia-2
Foto: Reprodução/RIC Record TV Curitiba.

Quando veio da Angola para Curitiba, há cinco anos, a jovem Isilda Bato Ana trouxe consigo o sonho de construir uma nova vida. Agora, também desempregada por causa da pandemia, se vê com o futuro ameaçado e incerto.

“Eu vim atrás de um sonho, que sempre foi fazer psicologia. O Brasil é um país que eu acredito ter uma psicologia muito bem desenvolvida e diversificada, por isso vi no país a oportunidade de me formar e ter uma carreira. Diante da situação, me vejo ameaçada, sobre como vai ser depois da pandemia, tenho medo de ter que abortar meu sonho“, comentou Isilda.

Enquanto a situação não se resolve, os jovens continuam estudando, na esperança de que não tenham que desistir do sonho. Principalmente porque sabem o quão difícil foi chegar até aqui e o quanto pode ser importante a psicologia depois da pandemia.

Pessoas são representação de soluções. Acredito que podem existir pessoas que se juntem a nós na realização desse sonho. Até porque acredito que o mundo pós-pandemia possa precisar muito dos psicólogos e nós não pretendemos ficar de fora, queremos participar”, disse Isilda.

vaquinha-estudantes-psicologia-4
Foto: Reprodução/RIC Record TV Curitiba.

O grupo acredita que a força das pessoas pode fazer com que saiam dessa ainda mais fortes. Juntos, os cinco estudantes precisam arrecadar, ao todo, R$ 30 mil. Para ajudar, é só acessar a vaquinha criada por eles no site Abacashi (clicando aqui) e doar qualquer valor.

Se preferir doar por depósito, o grupo destinou as doações para a conta bancária de Daiana:

Daiana Cristina da Silva
CPF: 045.833.849-47
Banco Santander
Agência 2027
Conta corrente: 01042664-0

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.