Coronavírus

Enfermeira confunde frascos e aplica vacina da covid em bebê de 6 meses

Ainda não há estudos sobre a reação do imunizante em crianças

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações da La Tercera
Enfermeira confunde frascos e aplica vacina da covid em bebê de 6 meses
(FOTO: ILUSTRAÇÃO)

24 de março de 2021 - 10:50 - Atualizado em 24 de março de 2021 - 10:50

Um bebê, de apenas 6 meses, recebeu uma dose da CoronaVac, por engano. Os pais levaram a criança até uma unidade de saúde em Villarrica, no Chile, para receber a vacina pentavalente, que imuniza contra tétano, hepatite B, coqueluche, difteria e meningite tipo B. Entretanto, no momento de pegar o imunizante, a enfermeira confundiu as embalagens e acabou aplicando uma contra a covid-19.

As informações foram passadas pela emissora La Tercera, que ainda revelou que a Secretaria Regional de Saúde está monitorando o caso. “Imediatamente que o erro aconteceu, todas as medidas de controle e observação da criança foram tomadas”, disse Glória Rodriguez, secretária do órgão.

Ao tomar consciência do erro dos profissionais de saúde, a mãe da criança realizou uma denúncia na polícia. “Não sabemos como ela vai reagir”, declarou a mulher.

Nenhuma farmacêutica apresentou estudos sobre a vacinação contra covid-19 em crianças. No Chile, está autorizado aplicar os imunizantes em pessoas com mais de 16 anos.

O caso foi registrado no dia 15 de março, até hoje o único sintoma apresentado no bebê foi diarreia.

Vacinação no Chile

O Chile é líder em vacinação na América Latina em comparação com o número de habitantes. Até esta segunda-feira (22), quase 3 milhões de pessoas já receberam as duas doses e quase 6 milhões de moradores receberam pelo menos uma dose.

Nesta semana, os moradores em situação de rua começaram a ser vacinados.