Coronavírus

TCE-PR recomenda ‘busca ativa’ de quem não tomou a 2ª dose da vacina da covid-19

A recomendação é válida para todos os municípios do Paraná

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
TCE-PR recomenda ‘busca ativa’ de quem não tomou a 2ª dose da vacina da covid-19
Foto: Jonathan Campos/Agência Estadual de Notícias

4 de maio de 2021 - 13:54 - Atualizado em 4 de maio de 2021 - 13:54

A Coordenadoria-Geral de Fiscalização (CGF) do Tribunal de Contas do Estado (TCE) emitiu, na última sexta (30), uma nota técnica recomendando às 399 prefeituras do Paraná que realizem “busca ativa” de cidadãos que não tomaram a segunda dose da vacina do novo coronavírus no tempo previsto (depois de três semanas para a Coronavac e três meses para a Oxford/Astrazeneca).

O documento, publicado no diário eletrônico do TCE-PR, prevê a busca de três formas. A primeira é a identificação dos indivíduos que não completaram o esquema vacinal, ou seja, tomaram a primeira dose do imunizante e estão em atraso com a segunda. Depois, os agentes de saúde deverão ligar ou visitar a casa destes moradores, para estimular que compareçam ao posto de vacinação para tomarem a segunda dose.

Outra maneira sugerida pela CGF, é a promoção de ampla campanha nas redes sociais e sites das prefeituras a fim de mobilizar a população local. 

A emissão desta nota foi justificada pelo considerável número de pessoas que não compareceram aos postos de saúde para tomar a segunda dose da vacina da covid-19 apurado pela auditoria do TCE-PR. 

“Aplicar apenas a primeira dose do imunizante implica em desperdício de recursos públicos, posto que não gera a proteção desejada, ao mesmo tempo em que demanda gastos do erário”,

afirma o coordenador-geral de Fiscalização, Rafael Ayres.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.