Coronavírus

Ratinho Júnior sugere “vacinação de domingo a domingo” em encontro com chefes dos Poderes

A reunião resultou na criação de um comitê nacional de enfrentamento ao novo coronavírus

Daniela
Daniela Borsuk com RIC Record TV
Ratinho Júnior sugere “vacinação de domingo a domingo” em encontro com chefes dos Poderes
(Foto: Reprodução/ RIC Record TV)

24 de março de 2021 - 12:04 - Atualizado em 24 de março de 2021 - 12:05

Nesta manhã (24), o governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Júnior, falou sobre sua participação no encontro realizado em Brasília entre os chefes dos Poderes, ministros e governadores de diversos Estados do Brasil. A reunião resultou na criação de um comitê nacional de enfrentamento ao novo coronavírus.

“Foi uma reunião de coordenação, aonde o presidente do Senado ficou responsável em, junto com os governadores, estarem se reunindo praticamente toda a semana para enfrentar esse momento de dificuldade”, explicou Ratinho Júnior.

O encontro foi realizado no dia seguinte ao Brasil superar pela primeira vez a marca de 3 mil mortos pela Covid-19 em um único dia e na data em que o país deve chegar a 300 mil mortes causadas pela doença. Ratinho Júnior usou o momento para destacar a necessidade de acelerar o ritmo de vacinação e sugeriu que a aplicação das doses aconteça todos os dias, de domingo a domingo.

“Foi a oportunidade de nós apresentarmos as necessidades de cada Estado, são necessidades muito parecidas, a questão de insumos, a cobrança na velocidade da distribuição das vacinas, que são importantes, e eu fiz a sugestão de fazer a vacinação de domingo a domingo, junto com os prefeitos, junto com as secretarias de Saúde, para que a gente possa ter mais velocidade na vacinação”.

Descreveu o governador do Paraná.

Outras medidas destacadas pelo governador do Paraná foi a reedição da lei 13.979 para facilitar as contratações na área da saúde, e também os acordos com os laboratórios brasileiros que produzem as vacinas contra a covid-19, como a Fiocruz e o Instituto Butantan que, segundo o governador, são “os laboratórios que vão ajudar a salvar os brasileiros.”

Outra sugestão de Ratinho Júnior foi a criação de um comitê para incentivar a geração de empregos, com reuniões periódicas para auxiliar o Ministério da Economia com informações e apoio dos Estados.