Coronavírus

Paraná vai receber 36 pacientes com Covid-19 de Manaus

Os pacientes de Manaus serão encaminhados para tratamento no Hospital do Rocio, em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações da AEN
Paraná vai receber 36 pacientes com Covid-19 de Manaus
Pandemia em Manaus

31 de janeiro de 2021 - 13:57 - Atualizado em 31 de janeiro de 2021 - 13:57

O Paraná vai receber mais 36 pacientes com Covid-19, neste domingo (31), transferidos de Manaus, capital do Amazonas. Serão dois voos operados pela Força Aérea Brasileira, com 18 pacientes cada. O desembarque será no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, por volta das 20h30 e, depois, na madrugada de segunda-feira (1º), às 01h30.

O Governo do Paraná se colocou à disposição para prestar assistência em saúde aos pacientes de Manaus, que passa por dificuldades no enfrentamento ao coronavírus. Eles serão encaminhados para tratamento no Hospital do Rocio, em Campo Largo. O primeiro voo deverá sair da Capital do Amazonas às 15h e o segundo às 20h.

Caos em Manaus

Até a manhã deste domingo (31), 360 pacientes com Covid-19 foram transferidos do Amazonas para 15 estados do país por conta do colapso causado por superlotação e falta de oxigênio no sistema de saúde local. No deslocamento, 11 pessoas não resistiram à doença e morreram.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou nesta sexta-feira (29) que a única solução para evitar mortes no Amazonas é a transferência de 1.500 pacientes das unidades de saúde amazonenses para hospitais de outros estados.

“Se não removermos 1.500 pessoas do atendimento especializado, vai continuar morrendo de 80 a 100 pessoas por dia porque não há UTIs e não se cria uma UTI do dia para noite. Aumentar leitos, trazer oxigênio, criar UTIs. Quantas? 20, 30? Eu tenho que remover 1.500 pacientes. Não vou montar 1.500 leitos de UTI nunca em Manaus”, justificou o ministro.

Na operação, que começou há duas semanas, o transporte tem sido realizado em aeronaves da FAB, adaptadas com equipamentos que garantem a estabilidade e segurança dos pacientes. Para viajar,todos os pacientes precisam apresentar quadro clínico favorável para suportar a viagem, até que sejam internados na unidade de saúde onde darão prosseguimento ao tratamento.

Até o momento, um total de 360 pacientes com Covid-19 foram transferidos para os estados do Piauí (23), Maranhão (39), Brasília (15), Paraíba (15), Rio Grande do Norte (55), Goiânia (48), Alagoas (30), Espírito Santo (36), Pará (23), Acre (3), Pernambuco (27), Minas Gerais (18) e Paraná (17) e Santa Catarina (11). Nesta segunda-feira (1º), o Rio Grande do Sul vai receber 18 pacientes com Covid-19 de Manaus.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.