Coronavírus

Paraná ultrapassa 12 milhões de doses aplicadas e avança na vacinação contra a Covid-19

No Paraná, ao todo, 4.385.237 paranaenses completaram o ciclo vacinal, ou seja, receberam as duas aplicações ou aplicação única

Daniela
Daniela Borsuk com informações da Agência Estadual de Notícias
Paraná ultrapassa 12 milhões de doses aplicadas e avança na vacinação contra a Covid-19
(Foto: AEN)

17 de setembro de 2021 - 11:22 - Atualizado em 17 de setembro de 2021 - 11:22

Nesta sexta-feira (17), o Paraná chegou a 12.158.359 de doses aplicadas, avançando no processo iniciado em janeiro. São 7.773.122 primeiras doses (D1), 4.062.967 segundas doses (D2), divididas entre os imunizantes da AstraZenca, Pfizer e CoronaVac, e 322.270 doses únicas (DU), essas exclusivamente com a Janssen. Os números são do Vacinômentro nacional, ferramenta administrada e atualizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Ainda de acordo com o painel, o Paraná alcançou 8.095.392 pessoas imunizadas com D1 ou D2, ou 92,8% do público-alvo, aqueles com 18 anos ou mais, grupo estimado pelo Ministério da Saúde em 8.720.953 – a meta do Governo do Estado é chegar a 100% até o fim deste mês.

Completo

A atualização revelou, também, que 4.385.237 paranaenses completaram o ciclo vacinal, ou seja, receberam as duas aplicações ou aplicação única. O quantitativo equivale a 50,2% da população vacinável. “O Paraná sempre foi referência em ações de imunização e contra a Covid-19 não é diferente. Temos capacidade de aplicar mais de 150 mil doses por dia. E, com uma programação mais constante de envio de vacinas por parte do governo federal, tenho certeza de que os números vão subir rapidamente”, destacou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

Recordes

Ele lembrou que o Paraná vem quebrando recordes consecutivos durante a campanha. Os dados do Vacinômetro nacional apontam que agosto foi o mês em que o Estado aplicou mais vacinas contra a doença desde o início do processo. Foram 2.779.756 doses administradas neste período. Este é o terceiro mês consecutivo em que o Paraná bate recordes em aplicações.

Em setembro, até o momento, foram outras 1.064.770 doses, entre D1 (209.023) e D2 mais DU (855.747). “A logística de distribuição por parte do Governo do Estado é extremamente veloz e eficiente. Mas reforço o pedido para a população procurar os postos de saúde e buscar a vacinação. Vacina boa é aquela que vai para o braço, somente assim vamos vencer essa guerra contra o vírus”, acrescentou o secretário.

Nesta quinta-feira (16), o Paraná recebeu do Ministério da Saúde mais 324.930 vacinas contra a Covid-19. São 115.500 doses do imunizante Covishield (AstraZeneca/Fiocruz) e 209.430 do Comirnaty (Pfizer/Biontech), todas de segunda dose (D2), para completar o esquema vacinal da população com idade entre 40 e 59 anos e de alguns grupos prioritários.

Municípios

Em números absolutos, os municípios que mais administraram as vacinas contra a Covid-19 foram Curitiba, com 2.143.031, Londrina (591.855), Maringá (548.068), Cascavel (360.995) e Ponta Grossa (326.494).

Proporcionalmente à população, segundo o Ranking da Vacinação da Secretaria de Estado da Saúde, a cidade que mais avançou na aplicação de primeiras doses é Maringá, com 98,64% da população vacinada, seguida por Floresta (98,43%), Pontal do Paraná (97,65%), Toledo (95,33%) e Matinhos (93,25%).  Já em relação às segundas doses, os destaques são: Esperança Nova (62,49%), Pontal do Paraná (61,44%), Sulina (60,16%), São Manoel do Paraná (60,01%) e Maringá (58,56%).