Coronavírus

Paraná receberá novos lotes de vacinas com 167,3 mil doses

Com as novas remessas, serão 706.200 doses entregues ao Estado desde o começo da imunização

Carol
Carol Machado da equipe de estágio sob supervisão de Guilherme Barchik com informações da Agência Estadual de Notícias
Paraná receberá novos lotes de vacinas com 167,3 mil doses
Foto: Geraldo Bubniak/AEN

24 de fevereiro de 2021 - 07:40 - Atualizado em 24 de fevereiro de 2021 - 07:40

O Ministério da Saúde confirmou ao Governo do Paraná na noite desta terça-feira (23) o envio de mais 167.300 doses de vacinas contra o novo coronavírus.

Serão 102.500 da Universidade de Oxford em parceria com a AstraZeneca e a Fiocruz e 64.800 da CovonaVac, desenvolvida pela Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. Ainda não foi confirmada a data da entrega.

As doses da AstraZeneca/Fiocruz fazem parte da remessa de 2 milhões da Índia que chegou ao Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos/Fiocruz). Elas passaram por conferência de temperatura e integridade e receberam etiquetas com informações em português, além do protocolo de controle de qualidade do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS) da Fiocruz.

A importação dessas doses prontas é uma estratégia paralela do governo federal à produção de imunizantes a partir da chegada do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA). Mais 8 milhões de doses estão previstas pelo acordo da Fiocruz com a AstraZeneca e o Instituto Serum (Índia), mas ainda não há data prevista para o recebimento. Em janeiro, a Fiocruz já havia recebido 2 milhões de doses da vacina.

As 64.800 doses da CovonaVac fazem parte de um lote de 1,2 milhão entregue pelo Instituto Butantan nesta terça-feira (23) ao Ministério da Saúde. Até o próximo domingo (28) há expectativa de fornecimento de 3,9 milhões de doses ao Programa Nacional de Imunizações (PNI), para compartilhamento com os estados. Esses imunizantes já estão sendo feitos a partir do IFA enviado pelo laboratório chinês.

O Paraná recebeu até o momento 538.900 doses de vacinas contra o novo coronavírus. O estado atingiu nesta terça-feira (23) 286.837 pessoas vacinadas.

Grupos prioritários

Essas novas doses continuarão a ser aplicadas nos públicos prioritários, de acordo com o Plano Estadual de Vacinação contra a Covid-19. Ele segue a mesma linha do PNI, ou seja, nesta primeira etapa da vacinação continuarão a ser imunizados profissionais da saúde que atuam na linha de frente de atendimento aos doentes e idosos com mais de 80 anos.

Pelo plano, seguindo a ordenação por grupos prioritários, a previsão do Paraná é de vacinar cerca de 4 milhões de pessoas até maio de 2021. A vacinação ocorrerá de acordo com o recebimento dos imunizantes, de forma gradual e escalonada.

Fazem parte dos grupos prioritários os trabalhadores:

  • das forças de segurança;
  • da educação;
  • do transporte coletivo;
  • portuários;
  • caminhoneiros;
  • idosos com mais de 60 anos.

O Paraná tem 1.850 salas de vacinação nos 399 municípios. A quantidade de locais varia em cada cidade de acordo com o tamanho da população. Os municípios são responsáveis pela gestão dos profissionais para aplicação das doses da vacina.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.