Coronavírus

Paraná é o segundo Estado que mais vacinou professores contra Covid-19

Além das 142.287 doses aplicadas neste grupo, outros 5 mil profissionais do Ensino Superior receberam a primeira dose do imunizante

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações da Prefeitura de Curitiba
Paraná é o segundo Estado que mais vacinou professores contra Covid-19
(Foto: Geraldo Bubniak/AEN)

14 de junho de 2021 - 15:01 - Atualizado em 14 de junho de 2021 - 15:01

Até esta segunda-feira (14), o Paraná aplicou 142.287 doses de vacinas contra o novo coronavírus destinadas a professores e outros profissionais da educação básica. O número corresponde a 84,16% de toda a população deste grupo prioritário no estado, que é estimada em 169.057 pessoas.

De acordo com o Vacinômetro – mantido pelo Sistema Único de Saúde, que utiliza informações da Rede Nacional de Dados em Saúde (RNDS), alimentadas pelos municípios em tempo real –, São Paulo é o único estado à frente do Paraná na vacinação, com 687.968 doses aplicadas. Na sequência, estão Rio Grande do Sul (142.113 doses) em terceiro lugar; Rio de Janeiro (141.762 doses) em quarto e Bahia (133.361 doses) em quinto.

No Paraná, os profissionais da educação básica começaram a ser vacinados na segunda semana de maio, junto com o retorno das aulas presenciais na rede pública, que foram retomadas gradualmente a partir do dia 10.

“Estamos próximos de concluir a vacinação de mais um grupo prioritário muito importante dentro da estratégia de combate à pandemia no Paraná.”

afirma o secretário estadual da saúde, Beto Preto.

Na última semana, o Paraná começou a destinar doses também para a vacinação dos profissionais vinculados ao Ensino Superior, grupo estimado em 54.110 pessoas no estado segundo o Plano Estadual de Vacinação contra a Covid-19. Destas, 5.964 pessoas já receberam a primeira dose, sendo que 42 delas completaram o ciclo vacinal com a segunda aplicação do imunizante.

Vacinômetro

De acordo com a plataforma, o Paraná é o sexto estado que mais vacinou contra o coronavírus no Brasil. Foram 4.468.854 doses aplicadas, sendo 3.207.093 referentes à primeira dose (71,76%) e 1.261.761 referentes à segunda aplicação (28,23%).

A vacina do Instituto Butantan/Sinovac foi a mais aplicada até o momento, representando 50,7% do total. O imunizante da AstraZeneca/Oxford/Fiocruz é o segundo mais utilizado, com 45,7%. Por fim, 3,6% das doses são da Pfizer/BioNTech.

Para esta semana, é esperada a chegada de um quarto imunizante para integrar a vacinação: a vacina Janssen. Fabricada pelo braço farmacêutico da Johnson & Johnson, ela é administrada em apenas uma dose, ela será destinada ao grupo prioritário dos caminhoneiros.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.