Coronavírus

Paraná disponibiliza 25 leitos de UTI para recém-nascidos prematuros de Manaus

O governo do Amazonas pediu ajuda transferir 60 bebês prematuros que estão internados e correm o risco de ficar sem oxigênio

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Paraná disponibiliza 25 leitos de UTI para recém-nascidos prematuros de Manaus
Foto:Secom/Monastier

15 de janeiro de 2021 - 14:53 - Atualizado em 15 de janeiro de 2021 - 14:57

O governo do Paraná se colocou à disposição para prestar assistência em saúde para 25 recém-nascidos que estão em Unidades de Terapia Intensiva em Manaus, no Amazonas. Foram disponibilizados 10 leitos no Hospital Infantil Waldemar Monastier e 15 no Hospital do Rocio, ambos de Campo Largo.

O pedido de ajuda foi feito pelo Ministério da Saúde para a Secretaria da Saúde do Paraná na manhã desta sexta-feira (15), para leitos de UTI neonatal para 61 pacientes recém-nascidos. Do total solicitado, 25 já estão disponíveis a partir desta sexta-feira.

De acordo com o secretário da Saúde, Beto Preto, o Estado está se organizando para aceitar pacientes.

“Recebemos com muita sensibilidade esse pedido para UTI para os bebês. Nos mobilizamos de forma a ajudar humanitariamente esses pacientes com todas as condições que temos aqui”, disse o secretário Beto Preto.  O deslocamento dos pacientes recém-nascidos será de responsabilidade da cidade de Manaus. 

No início da tarde, o governador do estado de São Paulo, João Dória, declarou que iria disponibilizar vagas para os 60 bebês que precisam ser transferidos. 

“Acabo de falar com o nosso secretário da Saúde e São Paulo atenderá integralmente esses 60 bebês. Pedi a ele, ao término da coletiva, para falar com o secretário de Saúde do Amazonas. Nós acolheremos todos os bebês que puderem ser transportados a São Paulo”, afirmou.

Durante a coletiva de imprensa, o tucano ainda culpou o governo federal de irresponsabilidade pelo caos que ocorre em Manaus e disse que a situação é “o fim do mundo”. 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.