Coronavírus

Operadores do transporte coletivo devem ser os próximos na fila de vacinação, diz Setransp

Mauricio Gulin, presidente da Setransp, informou que os operadores do transporte coletivo da capital paranaense deverão ser vacinados após o grupo de comorbidades

Daniela
Daniela Borsuk
Operadores do transporte coletivo devem ser os próximos na fila de vacinação, diz Setransp
(Foto: Luiz Costa/SMCS)

24 de maio de 2021 - 16:24 - Atualizado em 24 de maio de 2021 - 16:24

Nesta segunda-feira (24), o presidente do Sindicato das Empresas de Ônibus de Curitiba (Setransp), Mauricio Gulin, informou que os operadores do transporte coletivo da capital paranaense deverão ser os próximos a serem vacinados contra a covid-19 na cidade, após o grupo de comorbidades.

Em nota oficial, Giulin afirmou que o Setransp recebeu um ofício da Urbanização de Curitiba (Urbs), com manifestação da Secretaria Municipal da Saúde, garantindo a imunização desse público na fase 4 do Plano Nacional de Vacinação.

“Recebemos a notícia com grande expectativa”, disse o presidente do Setransp, Mauricio Gulin. “Desde o início da pandemia, motoristas e cobradores estão na linha de frente de combate à covid. Portanto, vínhamos pedindo que, após a imunização de profissionais da saúde, idosos e pessoas com comorbidades, a vacina chegasse para os nossos colaboradores”, afirmou ele.

Enquanto realiza a vacinação de pessoas com comorbidades contra a Covid-19, a Secretaria Municipal da Saúde se colocou à disposição para imunizar os operadores do transporte coletivo contra a gripe H1N1, o que foi prontamente aceito pelas empresas do transporte coletivo, ainda conforme informações da Setransp.

“Devido à importância do transporte coletivo para toda a sociedade, um serviço essencial que permite o funcionamento de outras atividades essenciais, esperamos ansiosos e o mais breve possível o início da vacinação dos nossos colaboradores contra a Covid-19”.

disse Gulin.

Em nota, a Prefeitura de Curitiba informou que segue os planos federal, estadual e municipal de vacinação. Confira na íntegra:

“A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) segue os planos federal, estadual e municipal para a operacionalização da campanha de imunização contra a Covid-19. A imunização deste público ocorrerá quando chegar a fase na qual constam elencados como prioritário.”

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.