Coronavírus

MP entra com ação para obrigar volta às aulas presenciais em Londrina

Durante toda o texto do documento, o MP ressalta que já está autorizado o retorno, por parte do estado, e Londrina ainda não apresentou plano para a volta

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
MP entra com ação para obrigar volta às aulas presenciais em Londrina
(FOTO: AEN)

15 de maio de 2021 - 13:31 - Atualizado em 15 de maio de 2021 - 13:32

O Ministério Público do Paraná (MPPR), por meio da 22ª Promotoria de Justiça de Londrina, ajuizou ação civil pública que busca obrigar a volta às aulas presenciais nas escolas da rede pública de Londrina. A ação foi apresentada à Vara da Infância e da Juventude da comarca, nesta sexta-feira (14). 

O retorno das atividades está autorizado pelo governo do estado desde o dia 5 de março. Em Londrina, apenas a rede privada voltou com as aulas presenciais, no dia 8 de março. Já a rede pública, renovou a suspensão das atividades até 31 de maio

No texto, o MPPR alega que a educação foi “posta em último plano frente às atividades que não possuem o mesmo impacto social”. O documento ainda ressalta que a própria Secretaria de Educação de Londrina confirmou que todas as unidades municipais estão preparadas para o retorno dos estudantes.

Desta forma, o objetivo, conforme a ação, é de “garantir a prioridade da oferta da atividade educacional presencial, de forma equânime aos alunos da rede privada e pública do sistema municipal de ensino”. Ou seja, não ter diferenciação entre escolas públicas e particulares, nas medidas tomadas.

Conforme o texto, o possível retorno dos alunos às salas de aulas ainda seria de acordo com a opção de pais e responsáveis. Aqueles que preferirem continuar com as atividades remotas terão direto a escolha. A ação deve ser julgada nos próximos dias. 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.