Coronavírus

Médica de 52 anos é a 62ª profissional a morrer no Paraná; veja homenagens

Deisi Ribinski da Costa Mattos Silva era especialista em Medicina do Trabalho

Guilherme
Guilherme Becker / Editor com informações do CRM-PR
Médica de 52 anos é a 62ª profissional a morrer no Paraná; veja homenagens
(FOTO: REPRODUÇÃO/ APAMT)

30 de abril de 2021 - 09:51 - Atualizado em 30 de abril de 2021 - 15:46

A médica Deisi Ribinski da Costa Mattos Silva, de 52 anos, morreu de complicações da covid-19 na última quarta-feira (28), em Curitiba. De acordo com dados do Conselho Regional de Medicina do Paraná (CRM-PR), a Doutora especializada em Medicina do Trabalho é a 62ª médica a perder a vida para a doença no estado.

Natural de Curitiba, onde nasceu em 13 de maio de 1968, a Dra. Deisi Mattos Silva formou-se em Medicina pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná, em janeiro de 1994. Registrou-se no CRM do Paraná em fevereiro do mesmo ano e depois obteve o título de especialista em Medicina do Trabalho. Era sócia ativa da APAMT desde 2010. Depois de experiências em curso de Administração e em atividades de fotografia, teatro e dança, ela concentrou sua carreira na especialidade, sendo funcionária do Instituto de Tecnologia do Paraná.

A médica era casada com o pediatra Carlos Alberto da Silva e deixa três filhos. A despedida aconteceu no Cemitério Jardim da Saudade II, em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

Segundo relatam seus familiares, a médica tinha como marca registrada a persistência e a capacidade de renovar-se diante de qualquer adversidade.

“Ela foi uma guerreira, um exemplo como filha, mãe, esposa, irmã, tia, amiga e profissional. Deixa um legado de amor ao próximo, humildade e generosidade singulares, que ficarão para sempre na memória de todos que a conheceram”, enfatiza Carlos.

Homenagens

A notícia da morte da Dra. Deisi deixou a classe de luto. O CRM-PR publicou uma nota sobre o falecimento.

“O Conselho Regional de Medicina do Paraná registra com pesar o falecimento da médica do trabalho Dra. Deisi Ribinski da Costa Mattos Silva (CRM-PR 14.145), ocorrido na manhã de quarta-feira (28) após mais de 60 dias internada em unidade hospitalar de Curitiba devido a complicações pela Covid-19”,

publicou o CRM-PR.

A Associação Paranaense de Medicina do Trabalho (APAMT) também lamentou a morte de Deisi.

“Com imenso pesar a APAMT informa o falecimento da Dra. Deisi Ribinski da Costa Mattos Silva. A Dra. Deisi era sócia ativa da APAMT, sempre muito participativa, atuou como Diretora Financeira na gestão 2019-2020. Nos solidarizamos com os familiares, que Deus conforte a todos”,

escreveu a APAMT.

Profissionais da saúde

De acordo com dados da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), atualizados nesta quinta-feira (29), 398 profissionais da área de saúde já morreram devido a complicações da covid-19. Trabalhadores da área de enfermagem somam os maiores números com 8.026 casos confirmados e 120 óbitos.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.