Coronavírus

Maringá e Apucarana promovem vacinação neste domingo (28); Governador do Paraná acompanha ação

A ação acontece após o anúncio da campanha de vacinação de domingo a domingo no Paraná, oficializada pelo governador nesta sexta-feira (26)

Daniela
Daniela Borsuk com Katia Scarferla | RIC Record TV
Maringá e Apucarana promovem vacinação neste domingo (28); Governador do Paraná acompanha ação
(Foto: Ranny de Oliveira)

28 de março de 2021 - 10:26 - Atualizado em 28 de março de 2021 - 13:50

Na manhã de hoje (28), o governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior, e o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, acompanham a aplicação das vacinas contra a covid-19 nos grupos prioritários de Maringá e Apucarana.

A ação acontece após o anúncio da campanha de vacinação de domingo a domingo no Paraná, oficializada pelo governador nesta sexta-feira (26). Conforme o Governo do Paraná, o objetivo da visita é estimular outras cidades a ampliarem o atendimento no final de semana, para dar mais celeridade à imunização e reduzir os impactos do novo coronavírus no Estado.

(Foto: Prefeitura de Maringá)

Ratinho Junior teve a agenda marcada para visitar a vacinação na Unidade Básica de Saúde Iguaçu, em Maringá, acompanhado de Beto Preto e do prefeito do município, Ulisses Maia, e também o Ginásio Lagoão, em Apucarana. Nestes locais, acontece a imunização de idosos de 69 anos ou mais, para a primeira e a segunda dose.

Atualização

Em coletiva de imprensa realizada em Maringá, o prefeito Ulisses Maia destacou que Maringá bateu o recorde de 4.293 vacinas da primeira dose aplicadas no sábado (27), totalizando quase 1% da população local em apenas um dia.

“Já contabilizamos 10% dos maringaenses vacinados contra o coronavírus. Nenhuma outra cidade do Estado tem um percentual como esse. Isso é resultado da eficiência da nossa equipe e o trabalho da Prefeitura para levar o mais rápido possível a imunização à população”.

Disse o prefeito.

Decreto

Na ocasião, Ulisses também lembrou a população do último decreto municipal publicado nesta sexta-feira (26), que irá suspender as atividades não essenciais na cidade nos dias 2,3 e 4 de abril.

Durante o período, só poderão funcionar postos de combustíveis (com proibição da abertura de lojas de conveniência); distribuidoras de água e gás; farmácias; clínicas médicas e laboratórios de análises clínicas, radiologia e congêneres. Conforme a Prefeitura, as igrejas terão autonomia para organizar as atividades com a presença de até 15% da capacidade do templo, ressalvado os dias 2, 3 e 4 de abril, quando a capacidade poderá ser de até 30%, devido às homenagens de Páscoa.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.