Coronavírus

Justiça do Paraná nega reabertura de academia no interior do estado

Na ação, o estabelecimento argumentou que não estaria em vigência lei ou decreto determinando o fechamento de espaços voltados à prática esportiva

Gabriel
Gabriel Azevedo com informações do TJPR
Justiça do Paraná nega reabertura de academia no interior do estado
(Foto: Agência Brasil)

25 de junho de 2020 - 16:40 - Atualizado em 25 de junho de 2020 - 16:40

A Justiça do Paraná negou o pedido de reabertura de uma academia de tênis de mesa em Londrina, no Norte do estado.

Na ação, o estabelecimento argumentou que não estaria em vigência lei ou decreto municipais determinando o fechamento de espaços voltados à prática esportiva em Londrina. Além disso, a empresa também alegou que o Decreto Estadual nº 4.311/2020 não ordenou o fechamento das academias.

O juiz da 2ª Vara da Fazenda Pública de Londrina negou o pedido de reabertura.

O magistrado ponderou que o Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública (COESP) observou “que não é o momento de retorno das atividades de academias, em razão do crescimento do número de casos de COVID-19 nos últimos dias em Londrina”.

Segundo o juiz, as medidas adotadas pelo Estado e pelo Município buscam proteger o direito à saúde e evitar o colapso do sistema hospitalar durante a pandemia causada pelo novo coronavírus.

“Considerando que até o momento a Secretaria de Estado da Saúde – SESA não editou qualquer ato normativo regulamentando os procedimentos de retomada dos serviços não essenciais previstos no art. 19, §1° do Decreto Estadual n° 4.230/2020, conclui-se, a contrario sensu, que tais atividades devem permanecer suspensas, o que inclui as academias e demais centros esportivos”, ressaltou a decisão.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.