Coronavírus

Jornal afirma que 65 cidades do Paraná aplicaram vacinas vencidas; veja lista

Conforme o levantamento realizado pela Folha, 65 cidades do Paraná teriam imunizado a população com vacinas da AstraZeneca fora do prazo de validade

Daniela
Daniela Borsuk com informações de Alessandra Bocchi, da RIC Record TV Curitiba
Jornal afirma que 65 cidades do Paraná aplicaram vacinas vencidas; veja lista
(Foto: Ari Dias/AEN)

2 de julho de 2021 - 15:56 - Atualizado em 2 de julho de 2021 - 15:58

Nesta sexta-feira (2), o jornal Folha de São Paulo publicou uma matéria que denuncia que foram aplicadas vacinas vencidas contra a covid-19 em pessoas de todo o país. Conforme o levantamento realizado pela Folha, 65 cidades do Paraná teriam imunizado a população com vacinas da AstraZeneca fora do prazo de validade, com destaque para Maringá, com 3.536 doses, a “campeã” no Brasil.

Em nota, a Prefeitura de Maringá afirmou que houve um erro de transferência de dados e negou que doses vencidas tenham sido ministradas no município. Já o secretário de Estado da Saúde do Paraná, Beto Preto, disse que a situação seria verificada, mas pediu cautela neste momento, para que uma opinião equivocada não seja emitida.

A lista da Folha traz o nome de 65 cidades e a quantidade de doses que supostamente teriam sido aplicadas em cada município paranaense.

Veja a lista:

Maringá 3.536
Foz do Iguaçu129
Arapongas77
Douradina 60
Guarapuava 37
Tunas do Paraná26
Campo Largo22
São Pedro do Ivaí20
Figueira 19
Nova Santa Rosa 17
Iretama14
Curiúva13
Pontal do Paraná7
Jacarezinho4
Apucarana 4
Flórida4
Piraí do Sul4
Campo Mourão 3
Mangueirinha3
Itaguajé3
Prudentópolis3
Cidade Gaúcha3
Catanduvas2
Londrina 2
Cândido de Abreu2
Saudade do Iguaçu2
Farol 2
Ortigueira 2
Marechal Cândido Rondon2
Cascavel 2
Paranavaí 2
Balsa Nova1
Colombo1
Fazenda Rio Grande 1
Tijucas do Sul 1
Irati 1
Bom Sucesso 1
Capitão Leônidas Marques 1
Quedas do Iguaçu 1
Novo Itacolomi1
Andirá 1
Faxinal 1
Ampére 1
Medianeira 1
Nova Esperança do Sudoeste 1
Umuarama 1
Clevelândia1
Castro 1
Jaguapitã 1
Rio Bom 1
Porecatu 1
Luiziana1
Astorga 1
Guaporema 1
Santa Inês1
Corbélia1
Araucária 1
Almirante Tamandaré1
Mandaguaçu1
Nova Esperança 1
Presidente Castelo Branco 1
Salto do Itararé 1
Paula Freitas1
Borrazópolis1
Rancho Alegre d’Oeste1

Beto Preto afirmou na tarde desta sexta-feira (2), em entrevista para a RIC Record TV Curitiba, que a situação será verificada, mas que nenhuma vacina saiu da Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar) fora do prazo de validade.

“Acabamos de receber essa notícia, em primeiro lugar em quero dizer que a nossa Central de Medicamentos do Paraná, onde as doses são recepcionadas e são armazenadas nos nossos refrigeradores, passam por grande verificação, prazo de validade, a questão de manutenção da temperatura, tudo isso foi feito e o nosso procedimento dentro do Cemepar é muito elogiado, inclusive. As doses que saíram de lá eu tenho certeza que não tinham nenhuma data de vencimento ultrapassada, vamos verificar o que aconteceu, vamos conversar também com a coordenação geral de imunizações do Ministério da Saúde e também checar qual será o procedimento”. 

Disse Beto Preto.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.