Coronavírus

Homem é filmado chutando cruzes em homenagem aos mortos por Covid em Toledo. Assista!

Depois que homem chutou as cruzes, prefeitura foi ao local e recolheu todo o material de lá.

Giselle
Giselle Ulbrich

26 de março de 2021 - 22:42 - Atualizado em 26 de março de 2021 - 22:55

Resumo da matéria

  • Movimento social de Toledo colocou cruzes no gramado, em homenagem aos 200 mortos por Covid na cidade
  • Homem passou pelo local e chutou as cruzes, além de rasgar uma faixa ecrita "Vacine Já" e criticando o presidente Jair Bolsonaro

Um ato do Comitê de Resistência e Solidariedade de Toledo, no oeste do Paraná, em homenagem aos 200 mortos por Covid na cidade, terminou de um jeito tétrico nesta sexta-feira (26). Um homem, não identificado até o momento, derrubou a chutes as cruzes colocadas no gramado do Parque Ecológico Diva Paim Barth, em homensagem aos mortos. Ele também rasgou faixas que explicavam o que era o ato simbólico, pediam “Vacina Já” e criticavam o presidente Jair Bolsonaro.

Algumas pessoas filmaram a atitude do homem. Depois que ele foi embora e a prefeitura tomou ciência do ocorrido, mandou retirar todas as cruzes e faixas.

O homem não foi identificado. Ele usava uma máscara grande, que cobria bastante o rosto, e um óculos de sol. Ele saiu andando embora como se nada tivesse acontecido

O que diz a prefeitura

A prefeitura de Toledo se manifestou através de nota oficial, dizendo que, apesar de apoiar atos democráticos, o código de posturas do município probe a fixação de qualquer material em áreas públicas sem autorização.

Confira a nota na íntegra:

A Prefeitura de Toledo esclarece seu apoio à democracia e ao direito de expressão em relação ao ato realizado nesta manhã no Parque Ecológico Diva Paim Barth, que cumpriu seus objetivos, haja vista que foi fotografado.

Reitera seu apoio aos diversos movimentos e que o material foi retirado após negociação com a organização do manifesto. 

Aponta ainda que não houve cerceamento ou discussão com os manifestantes, apenas a retirada das cruzes, que estão à disposição dos responsáveis na Secretaria do Desenvolvimento Ambiental e Saneamento. 

Informa ainda que o Código de Posturas do Município impede a fixação de qualquer tipo de material em áreas públicas sem a devida autorização. 

Outrossim, reafirma o respeito aos manifestantes e que a destruição do material não partiu de nenhum agente público e sim de um popular contrário ao movimento.

Assista ao homem chutando as cruzes:

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.