Coronavírus

Governador inaugura seis leitos de UTI exclusivos para Covid-19 em hospital da Lapa

São as primeiras UTIs  no município. Além destes, Hospital Regional da Lapa de São Sebastião dispõe de 40 leitos de enfermaria Covid, 47 leitos de tisiologia e 11 de clínica médica.

Giselle
Giselle Ulbrich com informação da AEN
Governador inaugura seis leitos de UTI exclusivos para Covid-19 em hospital da Lapa
O governador Carlos Massa Ratinho Junior visita nesta quarta-feira (14) o Hospital Regional São Sebastião, na Lapa. A Secretaria de Estado da Saúde disponibiliza seis leitos de UTI no hospital. A unidade já conta com 40 leitos de enfermaria na estratégia de combate à Covid-19. 14/04/2021 - Foto: Geraldo Bubniak/AEN

14 de abril de 2021 - 21:54 - Atualizado em 14 de abril de 2021 - 21:54

A Lapa, município da Região Metropolitana de Curitiba, passou a integrar o mapa de municípios paranaenses que oferecem vagas de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) exclusivos para pacientes com Covid-19. Nesta quarta-feira (14), seis leitos de UTI foram entregues pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior no Hospital Regional da Lapa de São Sebastião. Eles se somam a 40 leitos de enfermaria exclusivos Covid-19, 47 leitos de tisiologia e 11 leitos de clínica médica já disponíveis no local, totalizando 104 vagas.

“Esse hospital tem uma estrutura fantástica, mas nunca teve equipamentos robustos o suficiente para atender a população. Neste momento de Covid-19, em que temos que ampliar ao máximo nossas estruturas, a ideia é desenvolver este local para atender 104 pacientes diariamente”, afirmou Ratinho Junior.

A inauguração da primeira UTI da cidade faz parte da integração da unidade ao Complexo Hospitalar do Trabalhador (CHT), instituição de referência no tratamento da Covid-19 no Paraná. Desde dezembro de 2020, diversas melhorias têm sido implementadas na Lapa.

“Depois que passarmos o momento da Covid-19, a gestão do Complexo Hospitalar do Trabalhador, referência em gestão pública no Brasil, vai transformar este local em um hospital regional para atender de 10 a 12 municípios da região”, explicou o governador.

O hospital foi equipado com camas, respiradores, monitores e acessórios disponibilizados pela Secretaria estadual da Saúde e pelo Hospital do Trabalhador. “Fizemos uma avaliação do potencial do hospital para a região e da sua capacidade de atender mais e melhor. Nossa equipe fez um diagnóstico e em 22 de dezembro oficialmente começamos a trabalhar na infraestrutura do hospital, criando a base para abertura de novos leitos, o que concretizamos hoje”, explicou Geci Labres de Souza Junior, diretor do CHT. “Muitos paranaenses vão se beneficiar disso”.

“No pós-Covid, esses leitos migram para outra ala, e traremos ainda mais estrutura do HT para a Lapa: residência médica, clínica médica, clínica cirúrgica, trauma. Tudo para atender os municípios da região. Os últimos 12 meses foram sobre isso: enfrentar a Covid-19 e fazer a diferença na vida das pessoas”, reforçou Beto Preto, secretário estadual de Saúde.

Os recursos investidos na abertura dos leitos são divididos em três frentes: recursos humanos, equipamentos e contratos. A primeira é referente à contratação de médicos, com um custo mensal de R$ 198.520, e de enfermeiros e técnicos servidores, por R$ 60.940 mensais

Os equipamentos, por sua vez, incluem ventiladores e monitores, que já estavam em estoque, e um aparelho de raio-X digital, remanejado do Hospital do Trabalhador. Os equipamentos têm um valor total de R$ 1.097.402,18. Já os contratos incluem locação do gasômetro e insumos pelo valor mensal de R$ 18.750; e esterilização de óxido de etileno no valor de R$ 26.676/mês.

https://ricmais.com.br/noticias/coronavirus/

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.