Coronavírus

Funcionários e proprietários de quadras esportivas protestam em Curitiba

Trabalhadores querem uma reunião com autoridades de saúde para definir medidas e poder voltar a funcionar

Guilherme
Guilherme Becker / Editor reportagem da RIC Record TV Curitiba
Funcionários e proprietários de quadras esportivas protestam em Curitiba
(FOTO: REPRODUÇÃO/ RIC RECORD TV)

12 de janeiro de 2021 - 08:34 - Atualizado em 12 de janeiro de 2021 - 08:34

Proprietários e funcionários de centros esportivos de Curitiba estão em frente à sede da Secretaria Municipal de Saúde na manhã desta terça-feira (12). Segundo os trabalhadores, o protesto é para uma reunião com autoridades para definir medidas e protocolos para o retorno das atividades.

Na última sexta-feira (8), o decreto municipal foi prorrogado por mais 15 dias e, assim, segue proibido o funcionamento de quadras de esporte na capital. De acordo com os proprietários, a situação está insustentável após seis meses fechados.

Centros esportivos fechados

Com a proibição da prática de esportes coletivos, os centros esportivos permanecem fechados em Curitiba. Apesar de já apresentarem um protocolo com medidas de segurança e da liberação de até 25 pessoas no mesmo ambiente, de acordo com o novo decreto, as quadras ainda não têm liberação para funcionamento.

Entre as propostas dos representantes da área, está o distanciamento das mesas dos bares, a proibição do uso do vestiário e de materiais coletivos, como coletes e bolas, e restrição no número de pessoas. Porém, a liberação não foi concedida.

Nesta terça-feira, os funcionários aguardam uma reunião com autoridades.