Coronavírus

Foz do Iguaçu divulga seis novas mortes por Covid-19 e chega a marca dos mil óbitos

As seis novas vítimas fatais da Covid-19 em Foz do Iguaçu são seis homens de 73, 63, 54, 52, 47 e 40 anos; o prefeito decretou luto oficial de três dias no município

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Foz do Iguaçu divulga seis novas mortes por Covid-19 e chega a marca dos mil óbitos
Foto: Geraldo Bubniak/AEN

22 de junho de 2021 - 14:13 - Atualizado em 22 de junho de 2021 - 14:56

A Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, divulgou nesta terça-feira (22) seis novos óbitos por Covid-19 e mais 232 casos da doença. Desde o início da pandemia, a cidade já confirmou 39.949 casos do novo coronavírus, 38.402 pessoas já estão recuperadas, e mil mortes

De acordo com o boletim, dos 232 novos casos de Covid-19 em Foz, 112 são mulheres e 120 homens, com idades entre 2 meses e 90 anos. Entre eles, 225 estão em isolamento domiciliar e 7 internados.

No total, o município tem 381 casos ativos da doença. Destes, 381 pessoas estão em isolamento domiciliar, com sinais e sintomas leves, e 166 estão internadas.

A Secretaria de Saúde ressalta que, dos casos divulgados nesta terça-feira, 118 são das Unidades Saúde: Padre Ítalo, Lagoa Dourada, Vila C, São Paulo e Vila Yolanda, que iniciaram em 11 de junho atendimento e coleta de casos suspeitos da Covid. Estes casos ficaram represados devido a problemas no sistema de informação.

Óbitos

As seis novas vítimas fatais da Covid-19 em Foz do Iguaçu são seis homens de 73, 63, 54, 52, 47 e 40 anos.

Luto Oficial

O prefeito Chico Brasileiro, decretou também nesta terça, luto oficialmente por três dias pelas mil vidas perdidas para a pandemia de Covid-19 em Foz do Iguaçu.

Em nota, ele lamentou os todos os óbitos e lembrou dos 17 profissionais de saúde da cidade da linha frente de combate à Covid-19 que também não resistiram a doença. 

“Lamentamos profundamente essas perdas, essas vidas de iguaçuenses que poderiam ficar mais tempo entre nós, se não fosse esta doença cruel. Sabemos o quanto é grande a dor da perda de um familiar ou de um amigo querido, ainda mais em decorrência de um vírus traiçoeiro, que pegou o mundo todo de surpresa”, afirmou o prefeito. 

Chico Brasileiro explicou que “decretar luto oficial é a forma de a Prefeitura homenagear, oficialmente, essas mil vítimas, que lutaram bravamente, mas não venceram a doença. Envidaremos todos os esforços para evitar que mais vidas sejam perdidas”, complementou o prefeito.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.