Coronavírus

Estado distribui novas câmaras para conservação de vacinas

As câmaras verticais auxiliam na estratégia de vacinação contra o novo coronavírus e permite que maior quantidade de imunizantes possa ser armazenada nas Regionais

Daniela
Daniela Borsuk com Agência Estadual de Notícias
Estado distribui novas câmaras para conservação de vacinas
(Foto: SESA)

30 de março de 2021 - 10:11 - Atualizado em 30 de março de 2021 - 10:11

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde, está repassando câmaras verticais científicas para conservação de vacinas no Paraná. Os equipamentos vão para as Regionais da Saúde. O investimento é de R$ 528 mil e faz parte da estruturação da rede de frio do Estado. Nesta segunda-feira (29) teve início a distribuição dos primeiros 21 equipamentos. 

As câmaras verticais auxiliam na estratégia de vacinação contra o novo coronavírus e permite que maior quantidade de imunizantes possa ser armazenada nas Regionais. “Estamos enviando estas 21 câmaras e viabilizando a compra de pelo menos mais 110 para aumentar a capacidade e garantir a refrigeração e segurança dos imunizantes. Isso nos dá mais efetividade no processo de vacinação, ainda mais que pretendemos atingir as metas dos grupos prioritários mais rapidamente”, disse o secretário Beto Preto.

As câmaras verticais são desenvolvidas, especificamente, para armazenamento de imunobiológicos e têm capacidade interna para até 1.350 litros, com variação de temperatura de 2ºC a 8ºC, e também do tamanho e quantidade dos frascos. A 8ª Regional de Saúde de Francisco Beltrão foi a primeira a receber estes equipamentos.

Nos próximos dias, outras 11 Regionais de Saúde também terão a estrutura de preservação de vacinas reforçada.

“É uma segurança a mais para as vacinas pois são equipamentos modernos com alarmes e discadores telefônicos em casos de falta de energia elétrica e alteração da temperatura selecionada”.

afirmou a diretora da Regional de Beltrão, Nadia Nezello.

A estimativa da empresa fornecedora é que até 13 de abril as Regionais de Guarapuava, Toledo, Foz do Iguaçu, Ivaiporã, Cornélio Procópio, Jacarezinho, Telêmaco Borba, Umuarama, Irati, União da Vitória e Pato Branco já tenham recebido as câmaras.

Ainda dentro da estruturação da rede de frio e pensando, principalmente, no acondicionamento de vacinas, a Secretaria da Saúde também comprou 23 aparelhos de ar-condicionado, um investimento de R$ 94 mil, e 24 freezers comuns, em um valor estimado de R$ 81,4 mil.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.