Coronavírus

Dois em cada três pacientes de UTI com covid morrem no Brasil

A pesquisa da Associação de Medicina Intensiva Brasileira (Amib) também revelou que 46,3% desses hospitalizados necessitaram de ventilação mecânica

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com R7
Dois em cada três pacientes de UTI com covid morrem no Brasil
Foto: Reprodução/RIC Record TV

3 de março de 2021 - 18:37 - Atualizado em 3 de março de 2021 - 18:38

Dois em cada três pacientes com covid-19 que precisaram ser internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) não resistiram à doença e morreram, segundo estudo da Associação de Medicina Intensiva Brasileira (Amib). 

A pesquisa, que foi feita em hospitais nacionais, também revelou que 46,3% do total de pacientes necessitaram de ventilação mecânica, que o tempo médio deles nas UTIs é de 13,2 dias e que 54,3% têm mais de 65 anos. 

Apesar do estudo ter apontado que a maioria dos hospitalizados que são transferidos para Unidades de Terapia Intensiva são maiores de 65 anos, a médica intensivista Carolina Ranyere declarou, ao site R7, que não existe regra e que já viu todo tipo de situação. 

“Todos estão suscetíveis a terem a covid-19 de forma mais grave, independente da idade, da posição social e das comorbidades. Estou trabalhando com a doença desde o início da pandemia e já presenciei diversos tipos de caso. Pessoas novas tendo um desfecho desfavorável e o contrário também. Não existe regra”, declarou. 

Assista à reportagem completa:

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.