Coronavírus

Decreto fecha mercados em Porecatu (PR) para tentar diminuir casos de Covid-19

A cidade, que tem pouco mais de 12 mil habitantes, conta com 124 casos ativos da doença

Bruna
Bruna Melo / Repórter
Decreto fecha mercados em Porecatu (PR) para tentar diminuir casos de Covid-19
Prefeitura de Porecatu (Foto: Reprodução)

11 de maio de 2021 - 12:05 - Atualizado em 11 de maio de 2021 - 12:06

Nesta segunda-feira (10), foi colocado em prática o decreto municipal que impede o funcionamento presencial de mercados, mercearias e prédios públicos, em Porecatu, norte do Paraná. Moradores terão acesso aos produtos apenas por delivery.

O último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde de Porecatu conta com 123 casos ativos da Covid-19. Confirmados, são 1.026 moradores. A cidade, com pouco mais de 12 mil habitantes, já teve 11% da população contaminada. Londrina, com 575 mil habitantes, tem a mesma taxa de infecção. Proporcionalmente, Porecatu deveria ter uma porcentagem mais baixa. 

O decreto, que vale até domingo (16), visa barrar o aumento dos casos e diminuir as vítimas fatais. São 24 mortes até o momento, com quatro ainda em investigação. 

“Nós temos que tomar controle dessa situação. Acredito que todos os cidadão porecatuenses estão acompanhando pelos boletins diários e estão observando que existe um aumento significativo [de casos da covid-19]”,

disse o prefeito de Porecatu, Fábio Luiz Andrade (PSD), em live no Facebook.

Estabelecimentos da cidade se organizaram para que os pedidos sejam feitos via WhatsApp ou chamada de telefone.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.