Coronavírus

Curitiba se aproxima de 1 milhão de vacinados e atinge marca de 68% do público-alvo da vacinação

A adesão dos curitibanos à vacinação tem sido fundamental no combate à pandemia, visto que além da proteção individual, a imunização também contribui para a redução da circulação do novo coronavírus

Guilherme
Guilherme Becker / Editor com informações da Prefeitura de Curitiba
Curitiba se aproxima de 1 milhão de vacinados e atinge marca de 68% do público-alvo da vacinação
(Foto: Daniel Castellano/ SMCS)

24 de julho de 2021 - 15:15 - Atualizado em 24 de julho de 2021 - 15:15

Mais da metade dos curitibanos já iniciou a sua imunização contra a covid-19. Com a marca de 990.382 pessoas vacinadas até sexta-feira (23) com pelo menos uma dose da vacina contra o novo coronavírus, Curitiba chegou a 50,8% da população total da cidade vacinada. Entre o público-alvo para a imunização, 68% dos curitibanos acima de 18 anos já receberam a primeira aplicação ou a dose única.

A adesão dos curitibanos à vacinação tem sido fundamental no combate à pandemia, visto que além da proteção individual, a imunização também contribui para a redução da circulação do novo coronavírus, diminuindo as chances de surgimento de novas variantes do SARS-CoV-2.

A expectativa é que esse efeito ocorra quando, no mínimo, 70% da população esteja vacinada, o que é conhecido como “imunidade coletiva”. O avanço na vacinação também significa menos casos graves da doença entre a população, o que diminui o número de internações hospitalares e mortes.

Curitiba está preparada para vacinar até 30 mil pessoas por dia e segue convocando sucessivamente novos grupos e faixas etárias à medida que recebe novas doses para aplicação.

Vacinação em Curitiba

Até o momento, 953.546 curitibanos receberam a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus. Desse total, foram vacinados: 438.561 pessoas da população em geral (convocadas por idade); 212.081 idosos com 65 anos ou mais; 116.684 pessoas com comorbidades; 10.083 gestantes e puérperas; 8.165 pessoas com deficiência; 82 indígenas; 1.124 pessoas em situação de rua; 6.971 moradores, funcionários e cuidadores de instituições de longa permanência; 97.688 profissionais dos serviços de saúde da cidade (incluindo as equipes de vacinação); 16.346 trabalhadores das forças de segurança; 42.571 educadores (entre professores e trabalhadores da Educação Básica e Ensino Superior) e 1.252 trabalhadores da limpeza pública.

Em Curitiba, 324.514 pessoas receberam a segunda dose da vacina até sexta-feira (23) e outras 36.836 pessoas receberam a vacina em dose única, completando esquema vacinal anticovid. A cidade já aplicou 1.314.896 unidades da vacina anticovid – primeira e segunda doses ou dose única.

Doses recebidas

Até o momento, Curitiba recebeu do Ministério da Saúde, repassadas pelo Governo do Paraná, 1.503.804 doses de vacinas, sendo 984.132 para primeira dose. 481.492 para segunda dose e 38.180 doses de aplicação única.

Nesse montante já estão contabilizados os 5% de reserva técnica. A reserva técnica é uma medida de segurança, faz parte dos protocolos da logística e é necessária para evitar problemas no fluxo de imunização que possam ser causados por imprevistos eventuais, como por exemplo, quebra acidental de frascos.