Coronavírus

Curitiba está diante da 3ª onda de covid-19, diz secretária da saúde

“Curitiba já está numa ascendente. Parece que agora chegou a nossa vez” lamenta a secretária da saúde

Guilherme
Guilherme Barchik Com informações da Prefeitura de Curitiba
Curitiba está diante da 3ª onda de covid-19, diz secretária da saúde
Foto: Reprodução/Facebook.

24 de fevereiro de 2021 - 07:55 - Atualizado em 24 de fevereiro de 2021 - 10:35

Nesta terça-feira (23), em audiência pública na Câmara Municipal, a secretária municipal da Saúde de Curitiba, Márcia Huçulak, alertou sobre o aumento de casos da Covid-19. Márcia disse que a cidade pode ter que tomar novas medidas para evitar a propagação da doença.

“Estamos frente a uma nova [de covid-19], quero avisar a todos. Provavelmente, a terceira onda. Já tenho recebido aqui preocupações. Acabo de saber que o Hospital do Rocio, na região metropolitana, que é o único prestador fora nós que atende covid-19, não recebe mais paciente nenhum. Isto significa que mais gente da região metropolitana virá para Curitiba. Não tem mais respirador, não tem como receber paciente”

alertou Márcia Huçulak

Curitiba registrou, nesta terça-feira (23), 834 novos casos de covid-19 e 11 óbitos de moradores da cidade infectados pelo novo coronavírus, conforme boletim da Secretaria Municipal da Saúde.

A taxa de ocupação dos 363 leitos de UTI SUS exclusivos para covid-19 está em 90%. No momento restam 36 leitos livres. 

Novos casos

Com os novos casos confirmados, 138.022 moradores de Curitiba testaram positivo para a covid-19 desde o início da pandemia, dos quais 129.178 estão liberados do isolamento e sem sintomas da doença.

São 5.992 casos ativos na cidade, correspondentes ao número de pessoas com potencial de transmissão do vírus.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.