Coronavírus

Curitiba aplica quase R$ 500 mil em multas por descumprimento de medidas sanitárias em junho

Em uma semana, 23 estabelecimentos foram fechados e 77 autos de infração foram lavrados

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Curitiba aplica quase R$ 500 mil em multas por descumprimento de medidas sanitárias em junho
(Foto: Huly Paiva/SMCS)

7 de junho de 2021 - 13:50 - Atualizado em 7 de junho de 2021 - 13:51

Durante a primeira semana de junho, as infrações por descumprimento dos protocolos necessários ao enfrentamento da covid-19 somam R$ 495 mil, entre multas aplicadas para pessoas físicas e jurídicas. De terça-feira (1) a domingo (6), a Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU) encerrou uma festa clandestina, interditou 23 estabelecimentos e lavrou 77 autos de infração.

Curitiba está em bandeira vermelha, que indica um alto risco de contaminação pelo novo coronavírus, e segue sob as determinações do Decreto Municipal 940/2021 desde o dia 29 de maio.

De acordo com a Prefeitura de Curitiba e o Governo do Estado, o objetivo da força-tarefa é assegurar o funcionamento econômico na cidade e garantir a saúde pública da população, a partir do respeito aos protocolos sanitários.

Vistorias nos comércios de toda a cidade acontecem desde 17 de abril do ano passado, para coibir excessos e averiguar a adequação das empresas e cidadãos às medidas sanitárias necessárias ao enfrentamento do novo coronavírus. A partir de 5 de janeiro deste ano, começaram a responsabilizar e punir quem descumpre os protocolos restritivos de enfrentamento à pandemia.

Ocorrências

Entre as fiscalizações realizadas na terça-feira (1) e quarta-feira (2), foram interditadas e multadas, em R$ 5 mil cada, distribuidoras de bebidas no Batel e no Sítio Cercado e um bar no Santa Cândida (R$ 15 mil).

Na quinta-feira (3) as equipes encerraram as atividades em três distribuidoras de bebidas nos bairros Pilarzinho, Boqueirão e CIC, todas multadas em R$ 5 mil. No bairro CIC interditaram e multaram uma lanchonete (R$ 5 mil) e acabaram com uma festa clandestina. O responsável pelo evento recebeu multa de R$ 50 mil e cada um dos 29 participantes foi autuado em R$ 5 mil por participar de reunião com aglomeração.

Já na sexta (4) os locais interditados e multados foram uma loja de veículos no bairro Fanny (R$ 10 mil), uma loja de departamentos no Água Verde (R$ 10 mil), uma loja de armarinho no Água Verde (R$ 5 mil), uma papelaria no Portão (R$ 5 mil) e um templo religioso no Centro que estava com ocupação superior a 15% da capacidade (R$ 5 mil).

Por conta de aglomeração, também foram paralisados e autuados um bar no Parolin (R$ 10 mil), uma sauna/bar no Uberaba (R$ 20 mil) e uma lanchonete, também no Uberaba (R$ 10 mil). No Umbará as equipes flagraram um bar com 25 pessoas, que foram multados em R$5 mil cada. O estabelecimento foi multado em R$ 30 mil.

No sábado (5) os fiscais paralisaram as atividades e multaram uma distribuidora de bebidas no Santa Cândida (R$ 5 mil), um bar no Hauer (R$ 10 mil), um comércio de móveis e eletrodomésticos no Centro (R$ 10 mil) e um comércio de artigos para festas e embalagens no Boqueirão (R$5 mil).

Já no Domingo (6) foram paralisadas e multadas duas distribuidoras de bebidas nos bairros Boa Vista e Cajuru, ambas no valor de R$ 5 mil. Além disso, guardas municipais dispersaram cerca de 300 pessoas que estavam na Praça do Semeador, bairro Sítio Cercado.

Na última semana, também foram aplicados 12 autos de infração em ações isoladas da Guarda Municipal (além da AIFU). Essas multas totalizaram R$ 30,9 mil em ocorrências atendidas nas regionais Boqueirão, Bairro Novo, Tatuquara, Portão e Boqueirão.

Além disso, ainda foram realizadas fiscalizações de trânsito. Estacionamento irregular voltou a ser a principal infração constatada durante o feriado e fim de semana. Foram 16 multas aplicadas, com um carro guinchado. Um condutor foi autuado por utilização de equipamento de som em volume e frequência não autorizados por legislação federal.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.