Coronavírus

Curitiba tem 85% dos leitos SUS de coronavírus ocupados e recordes de mortes e novos casos

Lucas
Lucas Sarzi
Curitiba tem 85% dos leitos SUS de coronavírus ocupados e recordes de mortes e novos casos
Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil.

16 de junho de 2020 - 19:14 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 14:40

Em meio a uma semana complicada, com o fechamento de atividades consideradas não essenciais, Curitiba registrou números recordes nesta terça-feira (16). Segundo os dados da Secretaria Municipal da Saúde, foram 510 novos casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus e mais seis mortes, o maior número desde o início da pandemia, em março deste ano.

O aumento significativo de novos casos da covid-19, segundo a secretaria, é por conta da inclusão de 428 testes ambulatoriais que tiveram os resultados disponibilizados em bloco.

Os testes todos são RT-PCR (biologia molecular), padrão ouro, coletados entre um e 15 de junho. Os laudos acumulados entraram no computo geral, como ocorreu com os resultados dos testes rápidos das farmácias.

A médica infectologista Marion Burger, do Centro de Infectologia da Secretaria Municipal da Saúde explica que, nesses 428 resultados, não há nenhum caso de internamento.

A preocupação da médica é com os 82 resultados que são da rotina diária do sistema e que dobrou nas últimas 24 horas, demonstrando uma curva ascendente da infecção em moradores da capital.

“É uma excepcionalidade os 428 resultados em bloco, mas o preocupante mesmo são os 82 casos que demonstra uma evolução muito rápida. Dentro desses números estão sim internamentos de casos graves”.

Marion Burger, infectologista.

Com os novos registros, Curitiba chega a 2.375 casos de infecção pela doença do novo coronavírus. Estão em investigação 495 casos. Até agora, 1.467 se recuperam da doença.

Mais seis mortes por coronavírus em Curitiba

O número de óbitos desta terça-feira também foi o maior já registrado, totalizando até hoje 89 mortes com infecção confirmada para covid-19. Entre seis novas vítimas estão dois homens e quatro mulheres, com idades entre 46 e 89 anos.

O homem de 46 anos não apresentava nenhum quadro de doença crônica ou morbidades associada ao novo coronavírus e era um dos óbitos que estavam em investigação. O resultado chegou nesta terça-feira. Os demais tinham históricos de doenças.

Além dos 89 óbitos, 345 mortes foram destacadas e outras novas seguem em investigação. Outro dado preocupante é a taxa de ocupação de leito SUS covid-19, que está em 85% nesta terça-feira.

Números da covid-19 em Curitiba:

Descartados 2.511
Investigação 495
Confirmados 2.375
Recuperados 1.467
Óbitos 89

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.