Coronavírus

Covid-19: Toledo começa a vacinar pessoas com 32 anos ou mais

Cascavel e Foz do Iguaçu, também no Oeste do Paraná, aguardam a chegada de novas doses para retomar a vacinação

Julia
Julia Cappeletto / Estagiária com supervisão de Aline Cristina
Covid-19: Toledo começa a vacinar pessoas com 32 anos ou mais
(Foto: Arquivo/Ric Record TV

26 de julho de 2021 - 11:31 - Atualizado em 26 de julho de 2021 - 11:31

Seguindo o cronograma de vacinar contra a Covid-19 toda a população adulta o mais rápido possível, o Paraná segue avançando na aplicação de imunizantes nos grupos por idades. Em Toledo, no Oeste do Estado, a segunda-feira (26) começa a vacinar pessoas com 32 anos ou mais, enquanto Cascavel e Foz do Iguaçu, também no Oeste, aguardam a chegada de novos imunizantes.

Toledo

Nesta segunda-feira (26), Toledo começou a imunizar as pessoas de 32 anos ou mais contra a Covid-19.

A vacina está sendo aplicada nos três pontos de imunização; o Ginásio Hugo Zeni e Certis Coopagro e Pioneiro, até às 16h.

Nesta segunda-feira a cidade também está aplicando as segundas doses de CoronaVac e AstraZeneca no Ginásio Hugo Zeni, das 12h às 20h.

Para receber a primeira dose é necessário apresentar os documentos pessoais, RG e CPF, comprovante de residência e o cartão SUS, quando tiver. Para a segunda dose da vacina, além dos documentos pessoais e comprovante de residência é preciso levar também a carteira de vacinação, comprovando a primeira dose.

Cascavel e Foz do Iguaçu

Enquanto Toledo segue a imunização contra a Covid-19, Cascavel e Foz do Iguaçu aguardam a chegada de novos imunizantes, enviadas pelo Governo Federal, para retomar a aplicação de primeiras doses. Mas, por enquanto, ambas as cidades seguem aplicando as segundas doses.

Em Foz do Iguaçu, o público geral pode receber a imunização completa nas 29 unidades de saúde ou na Vigilância em Saúde, das 8h às 17h. Já em Cascavel, a segunda dose aplicada nesta segunda-feira (26) é a AstraZeneca, e pode ser recebida no Centro de Eventos, até às 17h, em sistema Drive-Thru.

Para receber a segunda dose nessas cidades também é necessário apresentar os documentos pessoais, comprovante de residência e a carteira de vacinação, comprovando a primeira dose.