Coronavírus

Mulher testa positivo para coronavírus após usar banheiro de avião, aponta pesquisa

Segundo informações divulgadas por jornais locais, o voo em que a jovem estava foi organizado por oficiais sul-coreanos, e tinha medidas rígidas de controle de infecção

Renata
Renata Nicolli Nasrala / Editora
Mulher testa positivo para coronavírus após usar banheiro de avião, aponta pesquisa

31 de agosto de 2020 - 11:57 - Atualizado em 31 de agosto de 2020 - 11:59

De acordo com pesquisadores do jornal Emerging Infectious Diseases do Centro de Controle e Prevenção de Doenças, uma mulher de 28 anos pode ter sido infectada pelo coronavírus após usar o banheiro de um avião durante um voo da Itália para Seul, capital da Coreia do Sul, no dia 31 de março.

Coronavírus: jovem estava em um voo com mais de 300 pessoas

A jovem sul-coreana estava entre os 300 indivíduos que foram evacuados de Milão no fim de março em meio a pandemia do novo coronavírus.

Conforme uma equipe da University College of Medicine de Seul, a mulher usou uma máscara N95 durante o voo, exceto quando foi ao banheiro, e por isso pode ter sido contaminada.

Ainda de acordo com os estudiosos, pelo menos uma pessoa infectada com o coronavírus provavelmente também usou o banheiro do avião, contaminando o local.

“A jovem de 28 anos pode ter respirado gotículas infecciosas ou tocado em superfícies contaminadas”, afirmaram os especialistas.

Voo foi organizado por oficiais sul-coreanos e teve medidas rígidas de controle de infecção

Segundo informações divulgadas por jornais locais, o voo em que a jovem estava foi organizado por oficiais sul-coreanos, e tinha medidas rígidas de controle de infecção, incluindo testar todos os indivíduos antes do embarque.

coronavírus no avião

Na ocasião, dos 310 passageiros que chegaram ao aeroporto de Milão 11 apresentaram sintomas de coronavírus e tiveram sua entrada na aeronve vetada.

Além disso, todos os passageiros restantes receberam respiradores N95 e foram mantidos com distanciamento social antes do embarque.

“A maioria dos passageiros usava respiradores N95, exceto na hora das refeições e ao usar o banheiro durante o voo. Depois de um voo de 11 horas, 299 passageiros assintomáticos chegaram à Coreia do Sul e foram imediatamente colocados em quarentena por duas semanas em uma instalação do governo em que estavam completamente isolados uns dos outros”, explicaram os pesquisadores.

Durante o período de quarentena, os estudiosos afirmaram que seis indivíduos testaram positivo para coronavírus e foram transferidos imediatamente para um hospital.

No oitavo dia de isolamento, a jovem de 28 apresentou sintomas como tosse, secreção nasal e dores musculares, e foi transferida para um hospital no 14º dia, apresentando resultado positivo para a covid-19.

“A mulher só tirou a máscara para ir ao banheiro, tornando a transmissão do banheiro a explicação mais plausível”.

Além disso, os pesquisadores acrescentaram que a mulher provavelmente não foi infectada antes do voo porque ficou em quarentena por três semanas antes do embarque.

“O banheiro era compartilhado por passageiros sentados nas proximidades, incluindo um paciente assintomático. Ela estava sentada a três fileiras de distância do indivíduo”.

Por fim, a pesquisa mostra que a mais provável rota de transmissão do coronavírus é quando uma pessoa entra em contato com superfícies contaminadas ou pessoas infectadas, pois a disseminação aérea é mais difícil devido aos filtros de alta eficiência de detenção de partículas usados no sistema de ventilação das aeronaves.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.