Coronavírus

Confira como será a aplicação das 400 mil doses que chegaram ao Paraná ontem (24)

Este é o primeiro lote com vacinas do braço farmacêutico da Johnson & Johnson,  o imunizante diferente de outras doses que é necessário se vacinar duas vezes, a Janssen é aplicado apenas uma única vez

Pablo
Pablo Mendes com informações da AEN, com supervisão de Guilherme Becker
Confira como será a aplicação das 400 mil doses que chegaram ao Paraná ontem (24)
(Foto: Geraldo Bubniak/ AEN)

25 de junho de 2021 - 08:47 - Atualizado em 25 de junho de 2021 - 08:47

O Governo do Estado recebeu 439.340 vacinas contra a Covid-19 na tarde desta quinta-feira (24), referente à 27ª pauta de distribuição do Ministério da Saúde. São 211.200 doses da CoronaVac/Butantan, 136.890 da Pfizer/BioNTech e 91.250 da Janssen.

Este é o primeiro lote com vacinas do braço farmacêutico da Johnson & Johnson, que utiliza a tecnologia de vetor viral, um vírus enfraquecido que transporta os genes virais para dentro das células, estimulando a resposta imunológica. O imunizante é aplicado com esquema de dose única e, segundo o Ministério da Saúde, as vacinas podem ser utilizadas até agosto.

O secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, acompanhou o recebimento dos imunizantes no Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar).

“Essas doses serão distribuídas a todos os municípios, de acordo com a nova estratégia do Governo do Estado, e seguindo a orientação do governador Ratinho Junior, para acelerarmos a vacinação nos 399 municípios, com o objetivo de que todos posamos vencer juntos esse vírus”,

disse.

As doses da Pfizer atenderão a população em geral de 59 a 40 anos (123.649 doses + 10% da reserva técnica). Os imunizantes da Janssen serão destinados a trabalhadores do transporte e pessoas em situação de rua.

Já as doses de CoronaVac vieram do Ministério da Saúde com o esquema completo, de primeira e segunda dose (D1 e D2), e devem atender a 95.072 esquemas vacinais, mais a reserva técnica.

Esses imunizantes serão destinados a gestantes e puérperas, mesmo sem comorbidades, trabalhadores da assistência social, trabalhadores da educação, ensino básico, fundamental, médio, profissionalizante e EJA, trabalhadores do ensino superior, ajuste de doses em Cianorte (120 D2) e Teixeira Soares (30 doses para população privada de liberdade). Além disso, 24.630 doses permanecerão armazenadas no Cemepar para envio posterior.

O diretor-geral da Sesa, Nestor Werner Junior, explicou a escolha do público de trabalhadores do transporte e pessoas em situação de rua para aplicação das doses da Janssen. “Estamos colocando essas doses à disposição de grupos que podem ter dificuldade com a segunda dose por conta da localização, o que deve auxiliar o processo de vacinação, otimizando as vacinas que o Estado tem recebido”, afirmou.

A expectativa da Secretaria é de que até a noite dessa sexta-feira (25) todos os municípios já tenham doses disponíveis para aplicação. “Pretendemos iniciar a distribuição ainda nesta quinta-feira para a Capital e para os demais municípios na sexta. Disponibilizaremos toda a logística necessária, incluindo os aviões do Governo do Estado. Algumas Regionais devem retirar presencialmente via terrestre”, disse o diretor.

https://ricmais.com.br/noticias/coronavirus/

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.