Coronavírus

Cidade do Paraná interrompe vacinação contra covid-19 por problemas em geladeira

O município espera uma avaliação do Ministério da Saúde para saber se as 73 doses do imunizante poderão ser utilizadas ou precisam ser descartadas

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Cidade do Paraná interrompe vacinação contra covid-19 por problemas em geladeira
Foto: Secretaria de Saúde de Nova Fátima

18 de fevereiro de 2021 - 16:26 - Atualizado em 18 de fevereiro de 2021 - 16:49

A Secretaria de Saúde de Nova Fátima, no norte do Paraná, precisou interromper a vacinação contra a covid-19 depois que a geladeira que armazenava os imunizantes apresentou problemas

De acordo com José Augusto Fabri, secretário de saúde do município, foi no início do expediente da última segunda-feira (15) que o defeito no eletrodoméstico foi constatado.

“Quando nós chegamos na UBS para trabalhar, a nossa enfermeira da epidemiologia, como também a técnica, ao entrarem na sala de vacina perceberam um problema na geladeira onde nós armazenamos a vacina. A temperatura estava diferente do normal”, disse Fabri. 

Na sequência, as vacinas foram remanejadas para outro refrigerador. Dentro da geladeira estavam 73 doses da vacina contra a covid-19 que seriam destinados para profissionais da saúde que precisam receber a segunda dose e também para idosos. 

A situação foi informada ao Ministério da Saúde e a cidade espera um posicionamento para saber se os imunizantes perderam sua eficácia ou ainda poderão ser aplicados na população. 

“Ainda é muito cedo para a gente alegar que as doses de vacina foram perdidas. Elas estão aguardando avaliação do Ministério da Saúde para definir o que vai ser feito”, completou o secretário. 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.