Coronavírus

Cervejaria transforma fábrica de produção em usina de oxigênio hospitalar

Na legenda, a empresa explica que está ajustando a cervejaria de Ribeirão Preto, em São Paulo, para produzir 120 cilindros de oxigênio por dia

Daniela
Daniela Borsuk
Cervejaria transforma fábrica de produção em usina de oxigênio hospitalar
(Foto: Ilustração/ Rodrigo Felix Leal/ AEN)

23 de março de 2021 - 15:39 - Atualizado em 23 de março de 2021 - 15:39

Diante do cenário dramático que estamos vivendo, com mais de 295 mil óbitos em decorrência da covid-19 no país desde o início da pandemia e o colapso nos sistemas de saúde de diversos estados, a cervejaria Colorado decidiu transformar sua fábrica de produção de bebida em uma usina de oxigênio hospitalar.

O anúncio da medida solidária foi feito pelo Instagram, na página oficial da cervejaria.

“Hora de cuidar do nosso ingrediente mais importante: oxigênio. Somos uma cerveja comprometida com o que vem do Brasil. E o que vem do Brasil agora é um pedido de ajuda. Por isso, estamos transformando nossa cervejaria em uma usina de oxigênio hospitalar, com capacidade para produzir 120 cilindros de oxigênio por dia. Nossa cerveja pode esperar. As pessoas, não”.

diz a arte.
(Foto: Redes Sociais/ Cervejaria Colorado)

Na legenda, a empresa explica que está ajustando a cervejaria de Ribeirão Preto, em São Paulo, para produzir 120 cilindros de oxigênio por dia. Os seguidores da página oficial da Colorado elogiaram a atitude e a iniciativa.

A Companhia de Bebidas das Américas (Ambev), dona da marca Colorado, confirmou que as doações dos cilindros de oxigênio para o Estado de São Paulo começam em abril e que poderão atender até 166 pessoas diariamente nos hospitais.

(Foto: Redes Sociais/ Ambev)