Coronavírus

Após dia de caos, sexta-feira amanhece com filas gigantescas para vacinação em Curitiba

Apenas profissionais da área da saúde, da linha de frente do combate a Covid-19, estão sendo vacinados

Guilherme
Guilherme Becker / Editor reportagem da RIC Record TV Curitiba
Após dia de caos, sexta-feira amanhece com filas gigantescas para vacinação em Curitiba
(FOTO: FELIPE CONCEIÇÃO/ RIC RECORD TV)

29 de janeiro de 2021 - 08:50 - Atualizado em 29 de janeiro de 2021 - 08:50

Os profissionais de saúde da linha de frente no combate a Covid-19, que foram na manhã desta sexta-feira (29) receber a vacina no Pavilhão da Cura, enfrentaram uma fila gigantesca. Assim como na tarde desta quinta-feira (28), uma aglomeração se formou no Parque Barigui.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), como na quarta-feira (27) metade das pessoas que agendaram a vacinação não compareceram, foi solicitado aos hospitais de Curitiba que encaminhassem, de modo escalonado, os profissionais mesmo sem agendamento. Uma lista no local confirma os nomes das pessoas que podem receber a primeira dose.

Entretanto, a ação tem gerado grande aglomeração no local. Na manhã desta sexta-feira, a fila chegou a dar voltas no estacionamento do Parque Barigui. Apesar da chuva, os profissionais tentaram manter o distanciamento, porém, havia muitas pessoas.

(FOTO: FELIPE CONCEIÇÃO/ RIC RECORD TV)

Prefeito nega desorganização

O prefeito Rafael Greca (DEM) respondeu um internauta nesta quinta-feira, que questionou sobre a aglomeração em frente ao Pavilhão da Cura. Mesmo com a divulgação de imagens do local cheio, Greca negou que tenha acontecido qualquer problema.

“Não procede. Choveu hoje na hora do almoço. As pessoas se abrigaram na varanda. Mas a espera foi no máximo de 30 minutos. Já são mais de 12 mil os imunizados”, escreveu Greca.

No início da semana, o Ministério Público Estadual já havia recomendado à prefeitura de Curitiba a descentralização da vacinação contra a Covid-19.

Vale destacar que a vacinação não é aberta para toda a população e as pessoas que não fazem parte do grupo prioritário não devem ir até o Pavilhão da Cura.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.