Coronavírus

Aglomeração gera interdição e multa para cinco comércios noturnos em Curitiba

Na última terça-feira (5), entrou em vigência da Lei Municipal 15799/2021, que pune pessoas e empresas que descumprirem as medidas restritivas contra a covid-19

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com Prefeitura de Curitiba
Aglomeração gera interdição e multa para cinco comércios noturnos em Curitiba
Foto: Arquivo/Isabella Mayer/SMCS

9 de janeiro de 2021 - 12:00 - Atualizado em 9 de janeiro de 2021 - 15:38

Fiscais da Prefeitura de Curitiba multaram e interditaram cinco estabelecimentos comerciais por descumprirem medidas de controle da covid-19. A Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu) ocorreu entre a noite de sexta-feira (8)e a madrugada deste sábado (9). Foram vistoriados 14 pontos de comércio, em vários bairros.

As multas aplicadas variam de R$ 1.500 a R$ 5.000,00. Os cinco estabelecimentos também tiveram suas atividades paralisadas pelos fiscais. Todos os locais tinham sido denunciados pela população, por meio da Central 156.

Nesta semana entrou em vigência da Lei Municipal 15799/2021, que pune pessoas e empresas que descumprirem as medidas restritivas necessárias para o enfrentamento da disseminação da covid-19, como aglomeração, falta de máscara e outros protocolos de controle da disseminação do novo coronavírus.

Nas fiscalizações também são observadas as regras da bandeira laranja, que constam no Decreto Municipal nº 50/2021.

Multas e interdições aplicadas na madrugada deste sábado:

  • No Boqueirão, um bar autuado em R$ 5.000,00 por aglomeração.
  • No Xaxim, multa de R$ 5.000 para um bar que funcionava fora do horário estabelecido
  • No Bairro Alto uma boate foi multada em R$ 5.000,00 por atividade irregular.
  • No São Braz, uma boate recebeu duas multas, por aglomeração (R$ 5.000,00) e por deixar clientes entrarem sem máscara no ambiente (R$ 1.500,00).
  • No Cabral, um restaurante que funcionava foram do horário foi multado em R$ 5.000,00.