Coronavírus

“A ideia é que todos os adultos paranaenses sejam vacinados até dezembro”, reforça Ratinho Jr.

Governador do Paraná conversou com o jornalista Marc Sousa ao Balanço Geral

Guilherme
Guilherme Barchik Com informações do Balanço Geral Curitiba
“A ideia é que todos os adultos paranaenses sejam vacinados até dezembro”, reforça Ratinho Jr.
(Foto: Marcio Helegda/RIC Record TV)

26 de maio de 2021 - 13:30 - Atualizado em 26 de maio de 2021 - 14:01

Em entrevista exclusiva para a RIC Record TV, no início da tarde desta quarta-feira (26), o Governador Ratinho Junior (PSD), falou sobre avanço do coronavírus no Paraná, protocolos sanitários para retomada de atividades econômicas.

Questionado pelo jornalista Marc Sousa, sobre a vacinação da pandemia da covid-19, Ratinho Jr afirmou sobre expectativas de vacinar todos os paranaenses acima de 18 anos até o final do ano.

“Acima de 18 anos, a ideia é que até dezembro a gente consiga vacinar todos os adultos do nosso estado. Estamos fazendo esse cronograma. Nós conseguimos bater a mete em abril que era vacinar todos acima de 60 anos. Estamos trabalhando para isso.”

Afirmou Ratinho Jr ao Balanço Geral.

Cenário preocupante

lotação de leitos de UTI está acima de 90% desde o começo do ano, mesmo com 1.916 leitos disponibilizados na rede exclusiva SUS, com a dificuldade adicional de mais de mil pacientes aguardando internação em leito Covid-19 (UTI e clínico). Eles estão em unidades básicas ou de pronto atendimento. Há, ainda, uso intensivo do chamado kit intubação, gerando quedas nos estoques do Estado.

A taxa de transmissão do Paraná é a pior do País, segundo o portal Loft.Science, utilizada por pesquisadores da área. É de 1,14 nesse momento, enquanto a média nacional é de 1,03. O indicador acima de 1 significa transmissão acelerada da doença. 

Paraná superou em maio a barreira de 1 milhão de casos. Neste mês, até a terça-feira (25), foram divulgados 119.984 casos e 3.411 óbitos, o que representa 11,2% e 13,4% dos registros desde o começo da pandemia, em março de 2020. Entre os números por data de ocorrência, o mês de maio somou 101.262 casos e 2.265 óbitos.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.