Coronavírus

282 doses de Pfizer são jogadas no lixo após erro de armazenamento em Cascavel

Doses ficaram três dias fora da geladeira e foram descartadas por orientação do Plano Nacional de Imunização, já que perderam a eficácia.

Giselle
Giselle Ulbrich
282 doses de Pfizer são jogadas no lixo após erro de armazenamento em Cascavel
(foto: Beatriz Frehner)

22 de julho de 2021 - 20:10 - Atualizado em 23 de julho de 2021 - 11:22

A Prefeitura de Cascavel teve que jogar no lixo 47 frascos de vacina contra a Covid-19 do laboratório Pfizer. Os frascos renderiam 282 doses da vacina e foram descartados porque ficaram três dias fora da geladeira. A orientação de descarte veio do Plano Nacional de imunização, já que as vacinas perderam a eficácia.

Cascavel recebeu esse lote de vacinas no dia 18 de junho. Três dias depois, foram encontradas fora da geladeira, no Centro de Imunizações da cidade. O caso foi de imediato comunicado à 10.ª Regional de Saúde, que comunicou ao PNI, para que orientasse sobre o que fazer com elas.

A prefeitura informou que vai abrir procedimento interno para apurar responsabilidades. Ainda não se sabe se o Ministério da Saúde vai repor as doses.

Até segunda-feira (21), Cascavel já tinha aplicado 221.258 doses de vacina. 155.145 pessoas com primeira dose, 52.953 com segunda dose, e 13.160 com dose única.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.