Saúde

Como manter o peso em dia durante o inverno e isolamento social

Médica dá dicas para manter a linha nos dias mais frios e ainda manter o corpo aquecido com alimentos da estação

Carol
Carol Machado da equipe de estágio RIC Mais, sob supervisão de Larissa Ilaídes
Como manter o peso em dia durante o inverno e isolamento social
Imagem: FreepIk

23 de junho de 2020 - 11:29 - Atualizado em 23 de junho de 2020 - 11:29

A chegada dos meses mais frios, aliados com o isolamento social, tem aumentado os casos de ansiedade e aumento de peso em todo o mundo. Afinal, não está sendo uma tarefa fácil saber como manter o peso em dia durante o inverno, ainda mais com a quarentena.

Um levantamento feito pela Uerj (Universidade do Estado do Rio de Janeiro), em parceria com Matthew Stults-Kolehmainen, do Hospital New Haven, da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, mostra que os casos de crise aguda de ansiedade foram de 8,7% para 14,9% (alta de 71%) durante o isolamento social.

Além disso, dois novos estudos, um realizado na França e outro nos Estados Unidos, revelam que a obesidade é a condição crônica que mais leva pessoas a serem hospitalizadas pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2).

“O inverno pede comidas mais encorpadas e ficar em casa gera ansiedade, e muitas pessoas acabam descontando isso na comida”, afirma a médica da Eden Clinic, Marcia Simões Kornin

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Instituto Francês de Opinião Pública (Ifop) para o site Darwin Nutrition, o confinamento afetou o peso e o equilíbrio alimentar da população. Desde o início do confinamento, em 17 de março, os franceses engordaram, em média, 2,5 quilos.

Alimentos para manter o peso

Para conseguir manter o peso neste período, a médica lembra também da importância da atividade física frequente para manter a saúde em dia.

“Com o isolamento, as pessoas esquecem de se exercitar. Mas existem inúmeras possibilidades dentro de casa, com vídeos na internet de diversas modalidades para manter o corpo em ação”, afirma.

Algumas dicas, como aumentar o consumo de chás e caldos – a sensação de fome pode ser sede, e os líquidos mais quentinhos ajudam a hidratar e a manter o corpo aquecido; substituir as massas convencionais por macarrão de legumes e aumentar a ingestão de proteínas como carne vermelha, frango, cogumelos e ovos, que dão mais saciedade, podem ser úteis para manter o peso em dia.

A médica alerta para o consumo de álcool em excesso. De acordo com a empresa de pesquisa de mercado Nielsen, só nos Estados Unidos as vendas semanais de bebidas alcoólicas no mês de março aumentaram de 25% para 55%, em comparação com o mesmo período em 2019.

Para quem está em busca de uma vida saudável, o ideal é evitar o álcool.

“O consumo de bebidas alcoólicas aumenta os níveis de estresse e ansiedade no corpo. E se não for com frequência, o ideal é optar por uma taça de vinho seco, que contém menos açúcar”, explica.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.