Carol Crozeta
Emagreça sua Vida

Por Carol Crozeta

Saúde
Carol Crozeta

Adultos podem pegar vermes?

Verme são vários tipos de protozoários e helmintos que podem parasitar o nosso trato intestinal, como amebas, giárdia, áscaris e tênias.

Adultos podem pegar vermes?

3 de outubro de 2020 - 19:13 - Atualizado em 11 de novembro de 2020 - 10:31

A infestação por vermes é mais comum em crianças, que geralmente têm maior contato com o chão e sujeira e levam as mãos à boca com frequência. Mas as verminoses são podem acometer ambos os sexos, independentemente da idade e da classe social, nas zonas rurais e urbanas.

Verme são vários tipos de protozoários e helmintos que podem parasitar o nosso trato intestinal, como amebas, giárdia, áscaris e tênias.

Os sintomas de vermes intestinais surgem devido à ingestão dos ovos e cistos desses microrganismos que estão presentes na terra, carnes cruas, superfícies sujas e na água contaminada, que se desenvolvem no intestino provocando sintomas como barriga inchada, dor abdominal ou comichão no ânus.

Em geral se instala no Intestino, mas pode atingir o sistema circulatório, migrando para órgãos como baço, fígado, pulmões e cérebro, principalmente em crianças e pessoas com a imunidade enfraquecida.

Sintomas

A presença de vermes no organismo provoca sintomas desconfortáveis como:

  • Dor abdominal constante.
  • Barriga inchada ou excesso de gases.
  • Cansaço frequente sem razão aparente.
  • Coceira nas partes íntimas
  • Períodos de diarreia, intercalados com prisão de ventre.
  • Presença de pequenos pontos brancos nas fezes.
  • Perda de peso sem razão aparente.
  • Alterações do apetite, com muita ou pouca fome.
  • Fezes muito escuras.

Pode causar alterações graves no corpo, como anemia, perda de peso, deficiência no crescimento.

Tratamento

Vermífugo, (antiparasitários ou anti-helmínticos), é o nome dado aos medicamentos utilizados no tratamento das verminoses intestinais.

Esses medicamentos, porém, não combatem os ovos dos vermes, sendo necessário ter saneamento básico e cuidados de higiene para evitar a reincidência do problema.

A prevenção sempre é a melhor alternativa!

Prevenção:

  • Lavar as mãos com água e sabão antes de preparar alimentos, antes de comer e depois de ir ao banheiro;
  • Evitar colocar os dedos na boca;
  • Higienizar frutas, legumes e verduras antes do preparo com hipoclorito de sódio.
  • Evitar andar descalço em locais de higiene duvidosa;
  • Não dividir toalha e roupas íntimas com outras pessoas;
  • Beber apenas água engarrafada, filtrada ou fervida.

Como higienizar corretamente seu alimento:

No processo de higienização deve-se lavar folha a folha em água corrente.

Após lavar deixe as folhas submersas por 15 minutos em uma bacia com água e hipoclorito de sódio. Para cada litro de água utilizar uma colher de sopa de hipoclorito de sódio a 2,5%.

Retire da solução, lave folha a folha em água corrente, seque-as bem com papel toalha ou uma centrifuga, e elas estarão prontas para consumo.

Recomendação:

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que os grupos com maior risco para as parasitoses tomem remédios contra vermes periodicamente – e este é o caso de crianças de 1 a 14 anos de idade e trabalhadores com risco ocupacional, como mineradores e agricultores.

Pessoas que moram em regiões onde as parasitoses atingem 20% da população devem tomar o vermífugo anualmente, enquanto os moradores de regiões com 50% de predominância dessas doenças devem tomá-lo a cada seis meses. Portanto, em vez de se automedicar colocando em risco a saúde, procure sempre aconselhamento profissional do médico.

Cuide-se!

Nutricionista Dra. Carolina Crozeta

Site: www.carolcrozeta.com

E- mail: carol@carolcrozeta.com

Instagram: @nutricionistacarolcrozeta

Agendamentos Whatsapp (41) 99932-0086

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.