Notícias

Como manter a sanidade mental em tempos de coronavírus?

Mesmo seguindo as dicas da OMS é normal que algumas pessoas ainda se sintam mal ou com a sanidade mental abalada por conta do surto de coronavírus. Se você se identificou, neste caso é recomendado procurar ajuda profissional online ou por telefone.

Larissa
Larissa especial e exclusivo para o RIC Mais
Como manter a sanidade mental em tempos de coronavírus?

29 de abril de 2020 - 00:00 - Atualizado em 29 de abril de 2020 - 00:00

Estar em meio a uma pandemia pode causar várias emoções e sentimentos variados nas pessoas e por isso é preciso tomar algumas medidas para manter a sanidade mental durante o surto de coronavírus

Pensando nisso a OMS (Organização Mundial da Saúde) liberou um documento com orientações para manter o bem estar e evitar o pânico durante a situação atual. Confira a seguir alguns pontos importantes do documento que podem te ajudar a se sentir melhor, como manter a sanidade mental.

Evite ser bombardeado por informações o tempo todo

As notícias sobre o coronavírus, principalmente as informações sobre o crescimento exponencial ou o aumento no número de casos normalmente nos deixam ansiosos e preocupados. Se se sentir incomodado ou notar que isso está te afetando, procure fugir um pouco das notícias. É importante saber como anda a situação, por isso você pode definir um momento específico do dia para pesquisar e se manter informado, evitando estar em contato com o assunto o tempo todo.

Mantenha outras formas de contato durante o isolamento

Uma das principais recomendações da pandemia coronavírus é o isolamento social. Não poder visitar outros familiares ou passar um tempo com os amigos pode ser prejudicial para a saúde mental. Quando sentir isso lembre-se de que existem outras formas de manter contato com pessoas próximas, como telefonemas, mensagens e até mesmo ligações por vídeo. Não deixar de se comunicar com quem você sente falta ajudar a se sentir melhor.

Esteja preparado para algumas situações

Saber que estamos preparados para uma situação nos tranquiliza, não é mesmo? Por isso se possível esteja preparado para algumas situações recorrentes da quarentena, como fazer uma lista de telefones e contatos úteis nesse período. Tenha em mãos os apps de delivery que você pode precisar ou o número de estabelecimentos que entregam em casa. Além disso pesquise sobre quais os procedimentos recomendados se apresentar alguns sintomas de Covid-19.

Não hesite em procurar ajuda profissional

Mesmo seguindo as dicas da OMS é normal que algumas pessoas ainda se sintam mal ou com a sanidade mental abalada por conta do surto de coronavírus. Se você se identificou, neste caso é recomendado procurar ajuda profissional online ou por telefone. Psicólogos e outros profissionais da saúde mental estão disponibilizando atendimento a distância durante a quarentena. Certamente este tipo de auxílio pode te ajudar a se sentir melhor.